Grupo que invadiu site do UFC rouba dados pessoais de Dana White

Na última semana, um grupo de hackers invadiu o site oficial do UFC, num protesto contra um possível apoio da organização às políticas antipirtaria SOPA, PIPA e ACTA. Dana White fez pouco caso: “Estou no negócio de lutas, não no de internet. Façam novamente hoje à noite”, disse durante a coletiva do UFC On FOX 2. Diante da reação do presidente do UFC, os hackers executaram novo ataque, mas desta vez o alvo não foi o UFC e sim o próprio Dana White e outros membros da Zuffa, empresa que é dona do UFC.

A ameaça veio algumas horas depois da coletiva do UFC On FOX 2. Através do Twitter, um homem que se identificou como Josh Matthews (@JoshTheGod) avisou: “@danawhite Nós não queremos mais seu site, vamos atrás agora de VOCÊ! Siga-me nos empolgantes eventos de hoje à noite! #ufc #sopa #acta #pipa”.

Dados pessoais como números de telefones, registros no seguro social, identificação de veículos pessoais, endereços residenciais, dentre outros, foram roubados e disponibilizados na internet. Os usuários JoshTheGod, MrOsama e AntiGov assumiram os ataques. Dana White mudou o tom:

“Eu amo a internet, ela ajudou a crescer o nosso negócio. Pessoas estão roubando meus dados na rede e vendendo-os ou vendendo propagandas em cima disso. Eu e meus sócios ralamos por dez anos para construir o esporte. Se vocês querem mudar o mundo, bom para vocês! Só não roubem meus dados.”

Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments