Após derrota no UFC 230, Weidman promete voltar melhor em próximo combate

O norte-americano agradeceu aos fãs e parabenizou Ronaldo Jacaré pela vitória, mas lamentou a quarta derrota nas últimas cinco lutas

C. Weidman agradeceu o apoio dos fãs. Foto: Reprodução/Facebook ufc

Chris Weidman foi nocauteado por Ronaldo Jacaré no evento co-principal do UFC 230. O norte-americano dominou os dois primeiros assaltos, mas o brasileiro virou o jogo ao acertar um cruzado de direita e nocautear o rival. Com o revés, ‘All-American’ soma quatro derrotas nas últimas cinco lutas. Em sua rede social o ex-campeão dos médios agradeceu o apoio dos fãs e prometeu voltar melhor para no próximo combate.

Veja Também

UFC 230: Jacaré vence Weidman de virada e quebra hegemonia do rival sobre os brasileiros
Jacaré critica árbitro pela demora em encerrar o confronto com Weidman

“Infelizmente, a última noite não deu certo para mim. Parabéns a Jacaré, à sua família e à sua equipe pela vitória incrível. Ele é um guerreiro de verdade. Foi uma honra dividir o octógono com ele. Obrigado a todos pelo apoio, pelo amor e pelas orações. Agradeço por tudo. Voltarei melhor do que isso”, postou Weidman.

Antes do UFC 230 o presidente da organização havia confirmado que se Weidman vencesse Jacaré seria o próximo desafiante ao título dos médios. Ele enfrentaria o vencedor de Robert Whittaker e Kelvin Gastelum no UFC 234 em fevereiro na Austrália.

Desde 2015 ‘All-American’ vive uma fase irregular no Ultimate. Weidman foi derrotado por Luke Rockhold, Yoel Romero e Gegard Mousasi. Chris conseguiu se recuperar ao vencer Gastelum em julho do ano passado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário