Lamas revela ter enfrentado Elkins com um coágulo na panturrilha: ‘Poderia ter acabado mal’

O lutador contou que durante o voo para a Argentina formou o coágulo de sangue por ficar sentado em um local apertado por muito tempo

R. Lamas têm 19 triunfos e sete reveses na carreira. Foto: Reprodução/Instagram @ricardolamasmma

Ricardo Lamas derrotou Darren Elkin com um nocaute técnico aos 4m09s do terceiro round do evento co-principal do UFC Buenos Aires. Os lutadores protagonizaram uma luta franca e sangrenta na noite de sábado (17) na Argentina. No entanto, os torcedores não poderiam imaginar que ‘Bully’ estava passando por um problema de saúde. Na quarta-feira (21) por meio de seu Instagram, o ex-desafiante ao cinturão dos penas revelou ter lutado com coágulo de sangue na panturrilha.

Veja Também

‘Argentino Xente Boa’, Santiago Ponzinnibbio faz a festa da torcida no UFC Buenos Aires
UFC anuncia duelo Lamas x Elkins para card na Argentina, em novembro

“No meu primeiro dia na Argentina, notei que meu músculo da panturrilha esquerda estava tenso e dolorido ao toque. Pensei que talvez fosse uma pequena atração muscular ou algo dessa natureza, mas à medida que a semana continuou, piorou. No dia da luta, eu tive alguém que trabalhou nele e tentou fazer com que o músculo se soltasse e foi extremamente doloroso. Depois de ser examinado pelos médicos e fazer um ultrassom no músculo, descobri que formei um coágulo de sangue no músculo da panturrilha durante o vôo para a Argentina, por estar sentado em uma área apertada por tanto tempo”, contou Lamas.

Os coágulos sanguíneos se formam com o endurecimento do sangue e podem se mover no corpo. Assim eles podem causar complicações como: trombose, embolia pulmonar ou isquemia.

“As coisas poderiam ter acabado mal se o coágulo se desalojasse durante a luta. Então eu também tenho que agradecer a quem estava me vigiando durante a luta. Então eu acho que posso dizer que lutei com um coágulo de sangue”, concluiu Ricardo.

Com a vitória na Argentina, Ricardo se recuperou de duas derrotas para Mirsad Bekti e Josh Emmett. O ex-desafiante ao cinturão dos penas tem 26 combates com 19 triunfos e sete reveses na carreira.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Thank you to my teams @mmamasters and @ufcgymnaperville thank you to family and my supporters. My first day Argentina I noticed that my left calf muscle felt tight and sore to the touch, I thought maybe it was a small muscle pull or something of that nature, but as the week went on it worsened. The day of the fight I had someone work on it to try and get the muscle to release and it was extremely painful. After getting it checked out by the doctors and having an ultrasound done on the muscle, it turns out I formed a blood clot in my calf muscle during the flight to Argentina from being seated in a tight area for so long. Things could’ve ended badly if the clot became dislodged during the fight. So I guess I also have to thank whoever was watching over me during the fight 👼🏻 🙏 so I guess I can say I “fought wit a bloodclot blood clot!” (Rasta voice) #ufc #mma #training #boxing #muaythai #capoeira #wrestling #jiujitsu #ufcgymnaperville #ufcgym #weareufcgym #traindifferent #thebully #bullylife

Uma publicação compartilhada por ricardolamasmma (@ricardolamasmma) em

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments