Treinador de McGregor revela proposta de R$ 19 milhões para luta de exibição

John Kavanagh contou que o irlandês recebeu uma oferta de US$ 5 milhões para um combate de três rounds contra um lutador de kickboxing, mas o peso leve recusou a proposta

C. McGregor recusou a proposta de US$ 5 milhões. Foto: Reprodução/Instagram @thenotoriousmma

Conor McGregor foi derrotado por Khabib Nurmagomedov no quarto round da luta principal do UFC 229 em outubro. Mesmo assim, a sua ‘cotação’ continua alta no universo das artes marciais. Em entrevista ao podcast norte-americano The True Geordie, o treinador do irlandês, John Kavanagh contou que ‘Notorious’ recebeu uma proposta de US$ 5 milhões para fazer uma luta de exibição de três assaltos contra um lutador de kickboxing.

Veja Também

McGregor visa evento do UFC em estádio do Dallas Cowboy: ‘Vou fazer isso acontecer’
McGregor reconhece ‘erro fatal’ que levou a derrota contra Khabib

“Vou contar uma coisa engraçada. Recebi uma mensagem de um cara que disse que um kickboxer chinês estava oferecendo US$ 5 milhões para fazer uma luta de exibição de três rounds contra Conor. Ele ia dar esse valor como garantia. Não parecia que ele estava brincando. Eu recebo milhões de mensagens como esta todos os dias, mas nunca prestamos muita atenção a elas. Mas esse cara é alguém com muitas ligações no mundo da luta, e a oferta foi concreta. Mas sei que Conor não lutaria. A mensagem era muito incomum. E, como eu disse, foi uma oferta real. Eu conheço muito bem esse promotor de boxe, ele é muito conhecido, e não viria com uma oferta como essa se não fosse verdadeira”, declarou Kavanagh.

Mesmo embolsando mais de US$ 55 mil por segundo de combate McGregor recusou o duelo. O foco de Conor está na revanche contra Khabib ou em um confronto que o leve até o reencontro com seu arquirrival.

McGregor terá seu futuro no UFC decidido em audiência da Comissão Atlética de Nevada no dia 10 de dezembro. Conor e Nurmagomedov foram convocados para participar do julgamento que vai analisar suas participações na confusão do UFC 229.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments