Adesanya afirma que combate com Anderson significa mais do que título

O jovem lutador contou que o brasileiro foi uma inspiração em sua carreira e que moldou sua forma de lutar ao estilo de ‘Spider’: ‘é um cara negro e magro como eu e me espelhava nele’

I. Adesanya se mantém invicto após 15 combates. Foto: Reprodução/Facebook UFC

Israel Adesanya terá o maior desafio de sua carreira no evento co-principal do UFC 234, dia 9 de fevereiro de 2019. A revelação do Ultimate vai medir forças com o veterano e ex-campeão dos médios Anderson Silva. O palco do encontro será a Rod Laver Arena em Melbourne, na Austrália. Uma vitória pode colocar ‘The Last Stylebender’ em uma disputa pelo título da categoria. Mesmo assim, o lutador nigeriano garantiu que para ele enfrentar ‘Spider’ vale mais do que um cinturão.

Veja Também

Anderson Silva volta ao octógono contra Israel Adesanya no UFC 234
Após um ano de suspensão, Anderson Silva deve voltar a lutar em dezembro

“Vou te dizer agora: isso significa mais para mim que a m**** do título mundial. Isso significa o mundo para mim. O UFC 90 foi quando assisti minha primeira luta ao vivo, e agora posso enfrentar o cara a que assisti por tanto tempo. É como se o Lebron James pudesse enfrentar o Michael Jordan, sabe? Essa luta significa mais para mim do que qualquer cinturão brilhante. O benefício dessa luta para mim? Ele nem é ranqueado. Estou aceitando uma luta com um cara que não é ranqueado na divisão dos médios, então eu posso perder meu lugar, mas f***-se o ranking no final das contas, porque ele continua sendo o Anderson Silva queira vocês gostem ou não”, contou Adesanya em entrevista ao programa norte-americano The MMA Hour.

O lutador nigeriano radicado na Nova Zelândia afirmou que criou seu estilo de luta ao assistir aos combates de Anderson no auge de sua carreira. Por isso, ‘The Last Stylebender’ se considerada o clone do ex-campeão dos médios. Em suas redes sociais, Adesanya chega a brincar com o assunto ao postar imagens de ‘Venom’ que é o vilão de ‘Spider’ nos quadrinhos e filmes.

“Sou um cara que começou a modelar meu estilo através do dele, porque ele é um cara negro e magro como eu e eu me espelhava nele. Então, pensava, ‘Se você quer enfrentar seu clone, você pode me enfrentar’. Mas eu sou melhor que seu clone, porque eu estudei cada coisinha que você já fez e cada p*** de movimento que você deu. Sei quando ele vai relaxar, sei quando ele vai atacar, sei quando ele está na ofensiva, sei quando ele quer dar uma blitz. Eu sentiria isso. Eu conheço esse homem melhor do que ele conhece a si mesmo. Sei algumas coisas sobre ele que ele mesmo não sabe sobre si mesmo, porque estou olhando do lado de fora’, disse Israel.

Aos 29 anos, Adesanya se mantém invicto após 15 combates em sua carreira profissional no MMA. Em seu último combate o nigeriano nocauteou Derek Brunson no UFC 230, dia 03 de novembro.

Anderson Silva está de volta ao Ultimate após cumprir um ano de suspensão por doping imposta pela Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA). Aos 43 anos, o brasileiro tem 43 combates, sendo 34 vitórias, oito reveses e uma luta sem resultado em sua carreira no MMA profissional.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments