Usman revela proposta do UFC para encarar Covington em janeiro

Após vitória sobre Rafael dos Anjos no TUF 28 Finale, o Ultimate teria ofertado ao nigeriano pela quinta vez um duelo com ‘Chaos’ no UFC Brooklyn ou 233

K. Usman se mantém invicto no Ultimate. Foto: Reprodução/Instagram @usman84kg

Kamaru Usman dominou os cinco rounds e venceu Rafael dos Anjos por decisão unânime na luta principal do TUF 28 Finale. Após o show em Las Vegas, o ‘Pesadelo Nigeriano’ teria recebido uma proposta do Ultimate. De acordo com o segundo colocado no ranking dos meio-médios, a organização teria lhe ofertado um duelo com Colby Covington em janeiro de 2019.

Veja Também

Kamaru Usman domina Rafael dos Anjos, vence na decisão e pede por cinturão do UFC
VÍDEO: Assista os melhores momentos da vitória de Kamaru Usman sobre Rafael dos Anjos

Entretanto, a oferta para um confronto com o campeão interino da categoria não é nova. Em entrevista ao canal norte-americano TMZ Sports, Usman contou que é a quinta vez que o UFC lhe ofereceu o combate e aceitou todos os encontros com ‘Chaos’.

“Vou nocautear Colby Covington. Essa agora é a luta. O UFC acabou de ligar e eles nos ofereceram a luta. Eles disseram ‘Colby Covington em janeiro’, e você sabe o que vou fazer. Claro que aceitei. Pela quinta vez, aceitei a luta. Agora estamos apenas esperando por ele”, revelou Usman.

Covington ainda espera o confronto com Tyron Woodley para unificar o cinturão dos meio-médios. No entanto, ‘Chose One’ ainda não foi liberado pelos médicos para lutar após a cirurgia na mão direita. Assim, Colby pode colocar o cinturão interino em disputa contra o ‘Pesadelo Nigeriano’ antes de encarar seu antigo companheiro de equipe.

Usman inúmeras vezes falou sobre seu desejo de encarar Covington dentro do octógono e chegou a desafiá-lo algumas vezes. Para Karamu o duelo com o falastrão norte-americano vai além da ascensão profissional.

“Chega um momento em nossas carreiras onde conseguimos pegar aquele cara que faz seu sangue ferver, realmente tira o verdadeiro selvagem de você. Tenho que atingi-lo, tenho! Tenho que benzer esse cara com minhas mãos. Tenho que benzê-lo. Será um gosto amargo na minha boca ganhar o cinturão, defender várias vezes e depois me aposentar sabendo que não coloquei minhas mãos nesse cara”, concluiu Kamaru.

O duelo entre os meio-médios pode ocorrer no primeiro evento de 2019 em Brooklyn no dia 19 de janeiro, e no UFC 233 em Anaheim, dia 26.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário