Presidente do UFC afirma que Holloway é ‘muito grande’ para continuar competindo nos penas

No UFC 226, ‘Blessed’ teve problemas de saúde pela dificuldade de atingir os 66 kg exigidos pela divisão dos penas

M. Holloway tem dificuldade de atingir os 66 kg dos penas. Foto: Reprodução/Facebook @BlessedMMAoffical

Max Holloway vai colocar o cinturão dos penas em disputa contra Brian Ortega na luta principal do UFC 231, neste sábado (08), em Toronto (CAN). O confronto estava marcado para ocorrer no UFC 226 em junho deste ano, mas ‘Blessed’ sentiu sintomas de concussão antes da pesagem e foi retirado do confronto. Observando a dificuldade na perda de peso do havaiano, o presidente do Ultimate Dana White afirmou que o campeão é ‘muito grande’ para continuar competindo na divisão até 66 kg.

Veja Também

Max Holloway enfrenta Brian Ortega no UFC 231
Max Holloway revela que sofreu depressão após série de lesões
Moicano é anunciado como reserva do confronto entre Holloway e Ortega no UFC 231

“Acho que ele precisa ir para ‘55 lb’ [77 kg, peso leve]. Ele é muito grande para esse peso. Você não pode continuar fazendo isso para si mesmo e cortando para ‘45lb’ [65 kg, peso pena]. Mas você sabe o que ele queria? Ele queria essa luta de Ortega”, falou White em entrevista ao site norte-americano MMA Junkie.

Após os sintomas de concussões do UFC 226, Holloway foi liberado pelos médicos para voltar a lutar no Ultimate. Por isso, o comandante da organização garantiu que estava tranquilo em relação a saúde de ‘Blessed’.

“Você sabe, eu não queria que ele lutasse novamente nos 65 kg. Ele queria muito essa luta. Ele foi liberado por todos os exames, médicos e tudo que fizemos. Então vamos ver o que acontece”, concluiu White.

O campeão dos penas não luta desde dezembro de 2017, quando nocauteou José Aldo pela segunda vez e manteve o título. Em 2018, Holloway teve três lutas marcadas, mas foi retirado de todas por problemas de saúde. Em março, uma lesão na perna o tirou do duelo contra Frankie Edgar.

Em abril, Holloway foi escalado as pressas para atuar na divisão de cima contra Khabib Nurmagomedov. Entretanto, Max teve problemas com o corte de peso na semana da luta e foi afastado do combate. Já em julho, o campeão enfrentaria Brian Ortega, mas sentiu sintomas de concussão e foi vetado do confronto.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário