Cat Zingano mostra corte no olho causado pelo chute de Megan Anderson

Em um chute da australiana, sua unha do pé acabou cortando a pálpebra do olho direito da norte-americana e com isso o combate chegou ao fim com um nocaute inusitado

M. Anderson finalizou o combate em os 61 segundos. Foto: Reprodução/Instagram @ufcbrasil

Cat Zingano foi derrotada por Megan Anderson com um nocaute aos 61 segundos do primeiro round no card preliminar do UFC 232, no sábado (29). O que é comum em um embate no MMA, no entanto, o que chamou mais atenção foi a forma singular com que o encontro entre as pesos pena terminou. A australiana aplicou um chute alto que raspou na cabeça da rival. ‘Alpha’ sentiu o golpe, se virou de costas e pediu que a luta acabasse. Como isso não é permitido, sua oponente continuou batendo com uma sequência de socos que fizeram o combate chegar ao fim.

Veja Também

Presidente do UFC afirma que futuro de Jones depende do lutador ‘se manter limpo’
Jones dispara contra Cormier: ‘Tem que admitir que nunca foi campeão meio-pesado ou lutar comigo’

Com o final do combate, Zingano continuo com os olhos fechados até ser encaminhada para os médicos do Ultimate. Cat acabou cortando a pálpebra do olho direito quando unha do pé de Megan atingiu seu rosto. O golpe poderia ter danos mais sérios, felizmente a norte-americana ela estava de olhos fechados durante o ataque da rival.

“Eu estava preocupada que meu olho estivesse rompido. Eles (médicos) disseram que vou ficar bem esta noite. Obrigado a todos pela sua preocupação. Qual a opinião de vocês com relação a uma dedada no olho com a mão (ser golpe ilegal) e uma dedada com o pé ser considerado um nocaute técnico?”, postou Zingano em seu twitter.

C. Zingano postou em suas redes sociais o resultado do golpe. Foto: Reprodução/Twitter @catzingano

Após o polêmico nocaute é provável que o UFC marque uma revanche imediata entre as pesos pena. Confronto que foi cogitado e aceito por Megan ainda dentro do octógono.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário