Treinador de Velasquez afirma: ‘Ele está voltando pra reconquistar o que sempre foi dele’

Javier Mendez acredita que o lutador vai reconquistar o título dos pesados, assim que Daniel se aposentar, o que deve ocorrer em 2019

C. Velasquez não luta desde 2016. Foto: Reprodução/Facebook @officialcainvelasquez

Após dois anos sem lutar, Cain Velasquez fará seu retorno no UFC Phoenix, dia 17 de fevereiro de 2019. Ele vai medir forças com Francis Ngannou na luta principal do evento no Arizona (EUA). Em entrevista ao site norte-americano MMA Fighting, o treinador do ex-campeão do Ultimate, Javier Mendez afirmou que o lutador vai reconquistar o título dos pesados, assim que Daniel se aposentar.

Veja Também

Apesar dos problemas com a balança, Mackenzie Dern continua nos pesos palha
Tito Ortiz planeja revanche com Chael Sonnen no Bellator

“O tempo fora dele o ajudou, seu corpo curou, ele segue rápido como sempre, bate mais pesado e está mais motivado do que nunca. Viu todo mundo subir e acho que ele está voltando pra reconquistar o que sempre foi dele. Quando o DC aposentar, o que deve acontecer esse ano, o Cain deve dominar. É o que estou esperando”, disse Mendez.

Mesmo com a confiança do treinador, Velasquez mantém seu foco em seu retorno e na luta contra Ngannou. Cain sabe que precisa fazer seu trabalho e vencer o camaronês para que depois possa reconquistar o cinturão dos pesados. Mendez admite que a luta com Francis é muito perigosa.

“Honestamente, para mim, é realmente a luta mais perigosa entre todos que estão disponíveis. E a razão pela qual eu te digo [isso] é porque aquele cara pode acabar com qualquer um. Francis pode terminar qualquer um”, explicou Javier.

Cain Velasquez tem um cartel de 16 combates, sendo 14 vitórias e apenas duas derrotas na carreira. Seus dois reveses na carreira foram para os brasileiros, Junior Cigano e Fabrício Werdum. Em sua última luta, o norte-americano com origem mexicana nocauteou Travis Browne no UFC 200 em julho de 2016.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário