Nick Diaz mentiu em questionário médico e pode complicar defesa

Suspenso preventivamente por ter sido flagrado no exame antidoping do UFC 143, o meio-médio Nick Diaz aguarda convocação da Comissão Atlética do Estado de Nevada (NSAC, na sigla em inglês) para apresentar sua defesa. Contudo, um novo fato pode complicar a situação do ex-campeão do Strikeforce.

Em questionário médico respondido na véspera da luta contra Carlos Condit, Diaz informou que não havia usado nenhuma medicação no período de duas semanas antes do combate. Porém, o antidoping confirmou que o atleta havia consumido maconha num período de oito dias antes do evento.

Segundo a defesa de Diaz, o uso de maconha por parte do lutador é medicinal e aprovado pela Comissão Atlética da Califórnia – inclusive a defesa do lutador na NSAC seria fundamentada neste fato. Sendo assim, ele deveria ter informado o consumo ao preencher o questionário médico da Comissão de Nevada.

Nick Diaz anunciou sua aposentadoria logo após a derrota para Condit. A suspensão pela NSAC pode reforçar a decisão. Diaz é reincidente no doping por maconha em Nevada. Ele havia sido pego em 2007, numa edição americana do extinto PRIDE.

Veja aqui o questionário médico de Nick Diaz para o UFC 143.

Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments