Bader atropela Fedor em 35 segundos e conquista GP de pesados do Bellator

Campeão dos meio-pesados, Bader subiu de peso e com um nocaute fulminante sobre um dos maiores de todos os tempos faturou o GP e o cinturão dos pesados

Bader (esq,) derrota Fedor (dir.). Foto:. Reprodução / Twitter @bellatormma

‘Para ser uma lenda, você precisa derrotar uma lenda’. Dessa forma, Ryan Bader escreveu seu nome na história do MMA na noite deste sábado (26). O norte-americano nocauteou o russo Fedor Emelianenko, considerado um dos maiores pesos pesados de todos os tempos, em apenas 35 segundos, e conquistou o GP dos pesos pesados do Bellator.

Veja Também

VÍDEO: Assista ao nocaute brutal de Ryan Bader sobre Fedor Emelianenko no Bellator 214
Vitor Belfort aparece ao lado de presidente do Bellator e crava: ‘Logo estarei de volta’

Antes do nocaute brutal em Fedor, Bader já havia derrotado King Mo Lawal nas quartas de final, com um rápido nocaute em 15 segundos e Matt Mitrone na semi pela decisão unânime dos juízes. Como já era o campeão dos meio-pesados da franquia, Bader, que subiu de peso apenas para disputar o GP, tem agora em sua posse dois títulos da organização.

A luta

O duelo entre Bader e Fedor mostrou logo nos primeiros segundos a diferença entre os atletas. Sete anos mais jovem e vindo de uma divisão mais leve, Bader trabalhou com movimentação nos primeiros segundos, enquanto Fedor estava plantado no centro do cage circular esperando o melhor momento de atacar. Porém, quando o norte-americano disparou um despretensioso jab de esquerda, o golpe levou o multicampeão ao chão. Sem perder tempo, Ryan conectou mais alguns socos até o árbitro encerrar a disputa.

Aaron Pico perde mais uma

Aaron Pico chegou ao Bellator em 2017 como um dos maiores wrestling a migrar para o MMA. Porém, o norte-americano amargou sua segunda derrota em seis lutas na franquia. E o revés veio de forma doída. Ele começou dominando Henry Corrales e chegou a aplicar um knockdown no rival nos primeiros segundos de duelo. Porém, ele insistiu na troca franca de golpes e acabou pego em um justo contragolpe a 1m07s e perdeu por nocaute.

Estrela da WWE debuta com boa vitória

Jake Hager, estrela da WWE – liga de telecatch dos EUA –  fez barulho em sua primeira luta como profissional de MMA. Diante do desconhecido, JW Kiser, o astro da série nos EUA mostrou habilidade na luta de solo ao derrubar o adversário, atacar o braço e finalizar com um justo katagatame em pouco mais de dois minutos de peleja.

Weber Almeida garante vitória brasileira

Único representante do Brasil no Bellator 214, Weber Almeida apresentou seu cartão de visitas para a franquia. Parceiro de treinos de Lyoto Machida, o carateca não tomou conhecimento de Odan Chinchilla e venceu por nocaute técnico a 3m04s do primeiro assalto. Com o triunfo, o atleta tupiniquim agora soma duas vitórias em duas lutas como lutador de MMA.

Resultados do Bellator 214

Card Principal

Ryan Barder derrotou Fedor Emelianenko por nocaute a 35seg do R1

Henry Corrales derrotou Aaron Pico por nocaute a 1m07s do R1

Jake Hager finalizou JW Kiser com um katagatame a 2m09s do R1

Juan Archuleta derrotou Ricky Bandejas na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Adel Altamini finalizou Brandon Mcmaham com uma chave de braço a 1m16s do R1

Card Preliminar

Jay Jay Wilson finalizou Tyler Beneke com um mata-leão a 1m31s do R1

Thor Skancke finalizou Jesse Merrit com um estrangulamento no R1

Jesse Roberts derrotou A.J. Agazarm na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Weber Almeida derrotou Odan Chinchilla por nocaute técnico a 3m04s do R1

Sean Johnson derrotou Arturo Rivas por nocaute técnico a 4m30s do R1

Ryan Lilley derrotou James Barnes por nocaute a 1m03s do R1

Craig Plaskett derrotou Ian Butler na decisão unânime dos juízes;

Desmond Torres finalizou Steve Ramirez com um triângulo de mão a 4m21s do R1

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário