Lutador do UFC cai em antidoping pela terceira vez e é banido pela USADA

Peso pesado russo Ruslan Magomedov não luta no UFC desde 2015 e estava invicto na organização com três vitórias

Magomedov é banido pela USADA. Foto: Reprodução / Instagram

A politica antidopagem do UFC com a Agência Antidoping dos EUA (USADA na sigla em inglês) fez mais uma vítima, dessa vez de forma ainda mais dura. O russo Ruslan Magomedov foi banido pela USADA após ser flagrado em três exames. A entidade anunciou a decisão nesta segunda-feira (1) através de seu site oficial.

Saiba mais

Lutador de 20 anos morre após ser nocauteado em evento de MMA amador em Manaus
Conor McGregor volta a provocar Khabib Nurmagomedov em rede social

O ‘Leopardo’, como é conhecido, tem um histórico profissional de 14 vitórias e apenas uma derrota. O peso pesado russo fez três lutas no Ultimate com três vitórias. Entretanto, ele não luta desde 2015, por problemas com violações de doping.

Magomedov caiu no teste pela primeira vez em 2016 e recebeu uma suspensão de dois anos. Com retorno previsto para outubro de 2018, o russo foi novamente pego nos exames da USADA e teve o gancho renovado. Por fim, ainda sob suspensão, em fevereiro deste ano, Rustan se recusou a passar por novos testes.

A USADA entente que a recusa sem justa causa de passar por exames é considerado como violação de doping grave, logo ela aplicou o banimento ao atleta.

O lutador e o UFC ainda não se pronunciaram sobre o caso.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário