Tyron Woodley se inspira em Georges St-Pierre na busca de retomar o cinturão dos meio-médios

Norte-americano foi derrotado na luta pelo título da divisão no UFC 235, em março

T. Woodley quer reconquistar o cinturão. Foto: Reprodução/Facebook tyron.woodley

O Tyron Woodley parece determinado a recuperar o título de campeão dos meio-médios do UFC. Em entrevista ao programa ‘Ariel Helwani’s MMA Show’,  o ex-detentor do cinturão comparou seu desafio ao que viveu Georges St-Pierre, quando teve seu título tomado por Matt Serra, em 2007.

Veja Também

Conor McGregor ofende esposa e religião de Khabib Nurmagomedov em rede social
Daniel Cormier apoia expulsão de parceiro de treinos pelo UFC
Manny Pacquiao planeja superluta para julho contra o campeão Keith Thurman

“Agora eu tenho que fazer semelhante ao que Georges St-Pierre fez quando ele perdeu para Matt Serra e voltou para se vingar”, disse o ex-campeão. “Agora posso lutar sem tanta promoção. Não tenho que lutar com tanto plano de jogo. Não que eu tenha relaxado, mas achei que meus dias de lutador tinham acabado”, comentou Woodley.

Tyron conquistou o cinturão dos meio-médios em 2016, quando nocauteou o, então campeão, Robbie Lawler. Desde então, ele havia defendido o título da divisão por quatro vezes, tendo vencido três, e empatado uma, contra Stephen Thompson, no UFC 205, em 2016. O desempate, no entanto, ocorreu em 2017, no UFC 209, quando Woodley venceu Thompson por decisão unânime dos juízes.

Woodley foi destronado em março deste ano, quando foi dominado pelo nigeriano Kamaru Usman durante cinco rounds, e perdeu por pontos, no UFC 235.

O norte-americano, entretanto, sabe que a jornada rumo à recuperação do cinturão não vai ser fácil, sendo que a divisão vem apresentando muitos lutadores com capacidade para ser o detentor do título.

“Eles continuam me dizendo que o retorno vai ser tão severo, que Deus vai ter que me ajudar a chegar lá e, quando eu voltar, não posso nem imaginar o que está reservado para mim. É aí que estou mentalmente agora.”, finalizou Tyron.

Woodley já tem seu próximo compromisso marcado. Ele terá pela frente a tão esperada revanche de Robbie Lawler, a quem nocauteou e tomou o cinturão em 2016. O embate acontecerá no dia 29 de junho, no UFC Minneapolis.

Tyron Woodley tem atualmente 36 anos, e um cartel de 24 lutas, sendo 13 pelo UFC; 19 vitórias, um empate e quatro derrotas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário