Colby Covington provoca Khabib Nurmagomedov: ‘Seria minha luta mais fácil’

Sempre polêmico, norte-americano minimiza talento de russo e mira embate no futuro

C. Covington deseja luta contra K. Nurmagomedov. Foto: Reprodução/Instagram @colbycovmma

Colby Covington continua a causar polêmicas no mundo da luta. Em entrevista recente ao programa ‘Submission Radio’, o lutador afirmou que deseja encarar o campeão dos leves, Khabib Nurmagomedov. O ex-campeão interino dos meio-médios ainda afirmou que o embate contra o russo seria o mais fácil de sua carreira.

Veja Também

Ronaldo Jacaré confirma que Yoel Romero está fora do UFC Fort Lauderdale
Brasileiro Alex Leko acerta contrato e estreia no UFC São Petersburgo
‘Te vejo no octógono’, publica Conor McGregor em rede social

“Seria uma luta fácil. Ele (Khabib) pediu uma luta contra Georges St-Pierre entre os pesos meio-médios (até 77,1kg) e peso leve (até 70,3 kg). Eu posso lutar entre esses pesos, pois não sou muito grande para um peso meio-médio. Seria gratificante vencer dois dos maiores clientes de Ali (Ali Abdelaziz, empresário de Khabib) e deixa-lo chorando”, disse o norte-americano.

O outro cliente de Ali Abdelaziz em questão é o nigeriano Kamaru Usman, que recentemente conquistou o cinturão linear dos meio-médios ao derrotar Tyron Woodley, no UFC235.  Usman e Covington deverão se enfrentar em breve na disputa pelo título linear da categoria.

A luta contra Khabib, poderia acontecer, segundo Colby, após o embate contra Kamaru. A fim de provocar o russo, norte-americano fez críticas sobre o estilo de jogo de Nurmagomedov, além de ironizar seu porte físico.

“Cara, ele seria meu desafio mais fácil. Ele é pequeno e não faz o que eu faço tão bem. Ele não tem um wrestling bom como o meu. Ele nunca encarou alguém com um wrestling de alto nível, um cara que vem fazendo isso a vida toda”, disparou Colby, que ainda minimizou o sambô, arte marcial na qual Khabib é bicampeão mundial. “Se wrestling fosse fácil, seria chamado de sambô. Mas, não. É chamado de Wrestling”, provocou Covigton.

Colby atualmente está com 31 anos, e defende um cartel de 15 lutas, sendo 14 vitórias e uma derrota. Seu último embate aconteceu em junho do ano passado, quando derrotou o brasileiro, Rafael dos Anjos, na luta pelo cinturão interino dos meio-médios. Sua luta contra Kamaru Usman ainda não foi oficializada pelo UFC.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments