Através de redes sociais, Amanda Nunes pede desculpas para Ronda Rousey

Amanda nocauteou Ronda no UFC 207, em Las Vegas, dia 30 de dezembro de 2016

Amanda pediu desculpas por declarações sobre Ronda. (Foto: Getty Images)

Amanda pediu desculpas por declarações sobre Ronda. (Foto: Getty Images)

O nocaute arrasador de Amanda Nunes em Ronda Rousey aconteceu há pouco mais de um mês, no UFC 207, dia 30 de dezembro de 2016, mas o episódio segue rendendo assunto. Após a vitória, a campeã peso galo feminino do Ultimate comemorou pedindo silêncio à equipe da norte-americana e aos fãs presentes na T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA). Nas entrevistas, novas provocações, dizendo que Rowdy “está acabada” e “deveria se aposentar”.

Veja Também

B. Pitbull (foto) encara Marion Reneau em março Foto: Josh Hedges/UFC
Bethe Correia avisa campeã Amanda Nunes: ‘Cuidado com a arrogância’
Nunes (esq) atropelou Ronda (dir) no UFC 207, dia 30 de dezembro. (Foto: Getty Images)
Amanda Nunes volta a cutucar Ronda: “Vi medo nos olhos dela”
Amanda (esq) e Ansaroff (dir) querem aumentar a família em breve. (Foto: Getty Images)
Amanda Nunes revela desejo de ter um filho com a namorada

No entanto, a brasileira parece ter mudado de postura. Na última terça-feira (31), através de suas redes sociais, Nunes admitiu que exagerou na comemoração e nas declarações, movidas, segundo ela, pela emoção do momento. Na legenda da imagem em que aparece abraçando Ronda, a baiana pediu desculpas pelas palavras e enalteceu a importância da rival para o MMA feminino.

“Deixe-me tirar um momento para me explicar. Eu estava sobrecarregada de adrenalina, emoção e dor naquele momento. Me dediquei tanto nas semanas antes da minha luta com Ronda. Eu devo ter dito ou publicado algumas coisas no momento que agora eu percebo não eram o certo a se fazer. Quero pedir desculpas a Ronda, seus fãs, aos meus fãs e ao UFC também. Ronda é uma atleta incrível e tem feito muito por este esporte, especialmente para as mulheres. #respeito”, escreveu Amanda.

Veja a postagem: 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário