Garbrandt promete vender fita de nocaute sobre Dillashaw em treino

Campeão quer que rival escolha uma caridade para que ele doe o dinheiro arrecadado e desafiante devolve provocação

C. Garbrandt (foto) enfrentará Dillashaw no UFC 213 Foto: Jeff Bottari/UFC

C. Garbrandt (foto) enfrentará Dillashaw no UFC 213 Foto: Jeff Bottari/UFC

O norte-americano Cody Garbrandt, campeão peso galo do UFC, parece disposto a provocar seu próximo adversário, TJ Dillashaw. Ex-companheiro de treinos do desafiante, “No Love” garante ter uma fita de vídeo em que nocauteia TJ durante uma sessão de sparring. Garbrandt pretende vender o conteúdo e ofereceu ao ex-amigo a oportunidade de doar o dinheiro ganho à caridade.

Veja Também

Barão vai voltar a atuar na categoria dos galos (Foto: Brandon Magnus/UFC)
Após duas lutas no peso pena, Renan Barão anuncia retorno aos galos
Sterling (esq) quer enfrentar Marajó (dir) em julho. ( Fotos: UFC/Montagem: Super Lutas)
Sterling desafia Iuri Marajó para duelo em Las Vegas, em julho
Dana revelou recusa de US$ 4 bilhões pelo Ultimate. (Foto: Josh Hedges/UFC)
Dana White revela que recusou oferta de US$ 5 bilhões pelo UFC

Em resposta à provocação do campeão, Dillashaw disse que os membros de sua ex-equipe estão forçando a barra e se irritou com a possibilidade de a fita ser divulgada. Ainda assim, TJ garantiu que vai escolher uma instituição e provocou o rival, que cresceu sem uma figura paterna em sua vida. O ex-campeão avisou que vai doar o dinheiro a uma caridade que trabalhe com meninos que não têm pai, como Garbrandt.

“Disse para ele fazer isso. Publique porque, primeiro, não acredito que haja esse vídeo e mesmo que ele publique…isso é mesquinho. Nós colocamos nosso suor, tempo e lágrimas na academia e ele tem um vídeo dele levando a melhor. E os 70% do tempo que eu levei a melhor e que Buchholz (Justin, treinador de Cody) tem gravado Na verdade, eu pouco me importo. No UFC 213, farei um vídeo ainda melhor em que eu o estarei nocauteando. E ganharei muito mais por isso. A caridade deveria ser algo para crianças sem pais, para que eles não cresçam como ele”, provocou Dillashaw, em entrevista ao podcast oficial do Ultimate, o “UFC Unfiltered”.

Ao saber que o adversário tocou em um ponto sensível de sua vida, Garbrandt retrucou rapidamente, por meio de suas redes sociais. O campeão peso galo comparou a situação de Dillashaw com a de Dominick Cruz. Assim como TJ, o ex-dono do cinturão peso galo também havia provocado Cody pela ausência de seu pai e o “Dominator” acabou derrotado no UFC 207.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário