UFC finalmente confirma abertura da categoria dos moscas para mulheres

Após desmentir oficialização na semana passada, Ultimate divulgou quarta divisão feminina nesta quarta-feira (10)

Ultimate coloca mais um cinturão em jogo (Foto: Reprodução/Twitter)

Ultimate coloca mais um cinturão em jogo (Foto: Reprodução/Twitter)

Na semana passada, uma mensagem do UFC à imprensa internacional anunciava que a companhia estava adicionando o peso mosca feminino às suas divisões. Horas depois, o presidente Dana White desmentiu seus próprios funcionários, garantindo, porém, que se tratava de uma boa possibilidade. E, nesta quarta-feira (10), o que todos já sabiam foi finalmente oficializado: a categoria até 57 kg. será aberta pelo Ultimate às mulheres. A informação é do site da emissora norte-americana “ESPN”, mas já foi confirmada pela companhia.

Veja Também

Dana White falou sobre Conor x Floyd Foto: Reprodução
Dana muda o tom e se diz indiferente a McGregor x Mayweather
Hughes está em estado grave (Foto: Reprodução/Youtube UFC)
Ex-campeão do UFC, Hughes cogita retorno e mira duelo com Liddell
Anderson não lutará mais no UFC 212 (Foto: Reprodução/Youtube)
Anderson critica Dana e dispara contra o UFC: ‘É sacanagem e palhaçada’

“As lutas femininas se tornaram muito populares. Eu quero fazer isso há algum tempo (estrear uma nova divisão) e acho que agora estou pronto para apertar o gatilho para essa nova divisão. Estou pronto”, comentou o presidente do UFC, Dana White, à publicação.

Para coroar a primeira campeã da nova divisão, o UFC vai repetir o formato do The Ultimate fighter 20. Na ocasião, quando abriu o peso palha, a companhia deu o título à campeã da temporada, Carla Esparza. No TUF 26, que começa a ser gravado no segundo semestre, a competição será entre as moscas e a lutadora que ganhar o reality show também se tornará dona do cinturão linear da divisão.

Como muitas atletas, tanto do peso galo quanto do peso palha, lutam originalmente até 57 kg. (casos de Joanne Calderwood, Valentina Shevchenko, entre outras), o UFC vai abrir vagas no reality show para lutadoras que já tenham um contrato vigente com a organização e não só com atletas de fora, como ocorre normalmente no The Ultimate Fighter.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário