Wanderlei busca revanches com Sonnen, Belfort e Rampage

Brasileiro mira rivais para prosseguimento da carreira, retomada com derrota no Bellator 180 do último sábado (24)

Wanderlei deve seguir no Bellator (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)

Wanderlei deve seguir no Bellator (Foto: Reprodução/Facebook/BellatorMMA)

Após a decepcionante volta ao MMA, com derrota para Chael Sonnen no Bellator 180 do último sábado (24), Wanderlei Silva já faz planos para o futuro imediato no esporte. E o brasileiro pretende fazer algumas revanches, segundo seu treinador André Dida. A ideia do ex-campeão do Pride é fazer lutas contra atletas que o venceram anteriormente, caso do próprio Sonnen, além de Vitor BelfortRampage Jackson.

Veja Também

Evinger (foto) pega Cyborg (Foto: Reprodução/Facebook/Invicta Fighting Championships)
Evinger dispara: ‘Serei o maior desafio da carreira de Cyborg’
McGregor quer enfrentar Khabib (Foto: Reprodução/Facebook TheNotoriousMMA)
Dana revela que McGregor quer enfrentar Khabib em card na Rússia
St. Pierre retorna nesta semana (Foto: Reprodução/Facebook/Georges St. Pierre)
UFC planeja retorno de GSP contra vencedor de Demian x Woodley

Em entrevista ao podcast MMA Ganhador, Dida diz que seu pupilo deve seguir na promoção gerida por Scott Coker, até pela rivalidade que nutre com alguns dos nomes de lá, casos de Sonnen e Rampage, principalmente. Mas Wand não descarta um duelo com Belfort e sonha até mesmo em vingar a derrota para Chuck Liddell, que segue aposentado mas já falou em voltar a lutar.

“Tem uma grande chance dele continuar no Bellator. Até porque ele quer bater nos caras que tem lá. Ele quer bater no Quinton (Rampage) Jackson, queria uma revanche com o (Chael) Sonnen… Ele queria muito pegar o Vitor (Belfort). Ele está esperando o Vitor também, está mirando o Quinton, o Chuck (Liddell) seria uma luta legal para fazer também”, comentou Dida.

Além de Sonnen, Wanderlei lutou uma única vez com Belfort e Liddell. O duelo com o compatriota aconteceu no UFC São Paulo, em 1998, quando o “Cachorro Louco” foi nocauteado em menos de um minuto pelo Fenômeno. O combate com o “Iceman” ocorreu no retorno de Wand ao Ultimate, em dezembro de 2007, quando o brazuca perdeu por decisão unânime na Luta do Ano. Com Rampage, a rivalidade se deu em três atos: nas duas primeiras lutas, no Pride, vitórias arrasadoras de Wanderlei. O terceiro confronto aconteceu no UFC, com vitória por nocaute do norte-americano.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário