Em primeira encarada, McGregor dispara contra Mayweather: ‘Está f…’

Irlandês prevê que vai nocautear norte-americano nos primeiros quatro rounds da superluta de agosto

Primeira encarada de F. Mayweather (esq) e C. McGregor (dir) Foto: Reprodução/Youtube/Showtime)

Primeira encarada de Floyd (esq) e Conor (dir) Foto: Reprodução Youtube Showtime

O primeiro contato entre Floyd Mayweather e Conor McGregor, que se enfrentam no dia 26 de agosto em superluta, foi recheado de provocações. Após shows de dançarinos e cantores, os dois chegaram à coletiva que, na verdade, foi um espaço para que os dois atletas dessem suas primeiras declarações sobre a luta e, claro, se provocassem. O evento foi realizado no Staples Center, ginásio que é a casa do Los Angeles Lakers, time da NBA.

Veja Também

Mayweather (foto) volta a lutar contra McGregor Foto: Divulgação/Showtime
Antes de superluta, Mayweather diz que McGregor é seu sucessor
May-Mac terá coletivas em três países (Foto: Divulgação/Showtime)
Coletivas de Mayweather x McGregor já venderam 30 mil ingressos
M. Bisping (esq) provocou R. Whittaker (dir) Foto: Reprodução/Facebook/UFC
Bisping explica provocações feitas a Whittaker após o UFC 213

Conor McGregor falou primeiro, após ser introduzido por Dana White. O irlandês fez questão de provocar o adversário, desde sua vestimenta (um casaco) até fazer uma previsão sobre o resultado duelo: “The Notorious” garantiu que nocauteará Mayweather nos primeiros quatro assaltos.

“Olhem esse cara! Ele é um velho e está de casaco. Não tem mais dinheiro para um terno. Eu vou acabar com ele. Ele está f… Não tem para onde ele fugir. Sua perninha, seu corpo pequeno e sua cabecinha vão cair. Vou apagá-lo em quatro rounds, podem escrever isso”, declarou o irlandês que ainda falou sobre a paternidade pela primeira vez.

“Quero mandar um abraço para Conor Jr. assistindo lá de casa. Ele é a motivação perfeita para chegar lá dentro e ganhar. Eu tenho a oportunidade de garantir o futuro dele e vou agarrá-la. Estou fazendo coisas que ninguém nunca fez. Muhammad Ali já lutou contra Antonio Inoki, um wrestler do Japão, James Toney já lutou no UFC, mas ninguém fez o que estou fazendo”, declarou o irlandês.

Já Mayweather preferiu focar seus insultos na diferença financeira entre os dois. Após ser apresentado por Leonard Ellerbe, presidente da Mayweather Promotions, o boxeador fez pouco do último salário de McGregor no UFC (que beirou os US$ 3 milhões) e ainda disse que a única coisa perfeita que Deus havia feito era o seu cartel no boxe.

“Eu sou o lado A dessa luta. Eu sou o cara dessa luta. Por isso, meu nome vem primeiro. Por isso, falo depois do que ele. Pessoal, ele ganhou US$ 3 milhões na sua última luta. Isso é risível. Ele até está bem vestido para um lutador que ganha sete dígitos. Está bem vestido para um lutador que ganha oito dígitos. Mas nunca estará bem vestido como alguém que ganha nove dígitos, como eu”, provocou Mayweather.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário