McGregor irá ultrapassar Cristiano Ronaldo em lista de atletas mais ricos

Lista organizada pela Forbes deverá ser liderada, neste ano, por Floyd Mayweather, que ganhou mais de US$ 300 milhões sábado

McGregor posou com Cristiano Ronaldo na academia do UFC em Las Vegas. Foto: Reprodução/Instagram

McGregor posou com CR7 na academia do UFC. Foto: Reprodução/Instagram cristiano

A superluta de Conor McGregor contra Floyd Mayweather, ainda que tenha acabado em derrota para o irlandês, irá lhe render muitos frutos. Um deles é o cumprimento de uma “profecia” feita pelo campeão do UFC quando encontrou o astro Cristiano Ronaldo, do Real Madrid. Amigo do português, o “Notorious” brincou em conversa informal que, um dia, iria lhe ultrapassar na lista de atletas mais ricos. Pois esse dia chegou.

Veja Também

Phelps (dir) desafiou Conor (esq) (Fotos: Reprodução Facebook Conor McGregor Michael Phelps)
Após superluta, McGregor é ‘desafiado’ por Michael Phelps
C. McGregor começou bem, mas foi derrotado por Floyd (Reprodução Twitter UFCEurope)
Dana diz que Mayweather x McGregor vendeu 6,5 milhões de pay-per-views
Dana indicou que McGregor enfrentará Ferguson em breve (Foto: Reprodução/Youtube UFC)
UFC reembolsará quem teve problemas com Mayweather x McGregor

Após McGregor ter seu pagamento de mais de US$ 100 milhões confirmado, o lutador deverá ultrapassar CR7 na lista da Forbes, publicação que anualmente faz o ranking de esportistas mais bem pagos do mundo. O português do Real Madrid vinha sendo o líder da pesquisa, mas também deverá perder o trono: mas para Floyd Mayweather, que ganhou mais de US$ 300 milhões no duelo do último sábado.

O ranking da Forbes é calculado ao adicionar salários, bônus de várias naturezas, além de acordos comerciais de patrocínio, além de ganhos por aparições em eventos. Com a superluta, tanto Mayweather e McGregor faturaram alto em patrocínios e ganhos em aparições, já que ambos fizeram festas pós-luta, onde ganharam salários polpudos. A Forbes não conta atletas que não estiveram ativos nos últimos 12 meses, por isso Mayweather não apareceu nas últimas listas. Logo, se o norte-americano se mantiver aposentado, não é absurdo pensar que Conor poderá ser o líder do ranking nos próximos anos.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário