Cyborg atropela japonesa e defende cinturão do Strikeforce

Cris Cyborg ficou afastada do MMA por mais de 500 dias, mas a brasileira comprovou na noite deste sábado (17), que ainda é a melhor lutadora de MMA do mundo. Em ação no Strikeforce, que foi realizado na cidade de San Diego, nos Estados Unidos, a atleta tupiniquim precisou de apenas 16 segundos para nocautear a japonêsa Hiroko Yamanaka e defender o cinturão da categoria de feminina de pesos penas na organização.

Logo no início da disputa, Cyborg mostrou que estava com sede de luta. Cris conectou uma bela sequência de socos em pé que levaram Yamanaka a knockdown. Sem perder tempo, a brasileira partiu para a sequência de golpes no solo e forçou árbitro a interromper a peleja. Com o triunfo, a brasileira soma em seu cartel 11 vitórias e apenas uma derrota, que aconteceu justamente em sua estreia na modalidade.

Já na luta principal da noite, válida pelo cinturão dos peos leves, o campeão Gibert Melendez dominou o desafiante Jorge Masvidal durante cinco rounds e manteve o título da organização na decisão unânime dos juízes.

Confira abaixo os resultados completos do Strikeforce:

Card Principal

Gilbert Melendez derrotou Jorge Masvidal na decisão unânime dos juízes.

Cris Cyborg derrotou Hirokko Yamanaka por nocaute no R1;

Gerard Moussassi derrotou Ovince St Preux na decisão unânime dos juízes;

KJ Noons derrotou Billy Evangelista na decisão unânime dos juizes;

Card Preliminar

Caros Fodor derrotou Justin Wilcox por nocaute técnico no R1;

Roger Bowling derrotou Jerron Peoples por nocaute técnico no R1;

Devin Cole derrotou Gabriel Salinas na decisão unânime dos juízes;

Eddie Mendes derrotou Fernando Gonzalez na decisão dividida dos juizes;

Herman Terrado finalizou Chris Brown com um arm-lock no R3;

 

Deixe seu comentário