Dana White alfineta Ronaldo Jacaré: ‘o quarto do ranking deve vencer quem vem atrás’

Entre elogios e críticas, presidente do UFC comentou sobre luta do brasileiro, que foi derrotado no último final de semana pelo 10º da divisão, Jack Hermansson

D. White (foto) alfinetou Jacaré após derrota no UFC Lauderdale. Foto: Reprodução/Youtube ufc

O presidente do UFC, Dana White, teceu críticas e elogios sobre de Ronaldo Jacaré após o UFC Fort Lauderdale. As declarações foram feitas ao ‘Combate’ após a realização do evento ocorrido no último sábado (27). Com a derrota para Hermansson, Jacaré se afastou ainda mais da disputa pelo título dos médios (até 83,9kg.) da organização.

Veja Também

Dana White critica atuação de Dmitrii Smoliakov em derrota para Greg Hardy: ‘Foi estranho!’
Ultimate oficializa UFC 242 em Abu Dhabi para 7 de setembro
Glover Teixeira e Alex Cowboy recebem R$196 mil em bônus após UFC Fort Lauderdale

‘Quando falamos de promessa de disputa de cinturão, seria se ele tivesse vencido o 10º colocado do ranking. Não pode entrar lá preocupado com o cinturão. Se você é o melhor, pode vencer todos os que estão subindo’, comentou Dana. ‘Ele é o quarto colocado. Se você é o quarto colocado, você certamente pode derrotar o 10º colocado. Mas isso não funcionou para ele’, relatou o mandatário.

Dana, porém, não descartou de vez uma possível luta do brasileiro pelo título, embora seja difícil. O presidente deu pistas sobre o que Ronaldo deve fazer para voltar a se destacar na categoria.

‘Muitas coisas acontecem. As pessoas se lesionam. O caminho para o título é continuar vencendo todo mundo que cruzar seu caminho. Não há garantias nessa vida, nunca, sobre nada’, disse White.

O presidente, no entanto, também elogiou a vontade do capixaba, que, embora não tenha se apresentado bem, conseguiu suportar cinco rounds duros contra seu oponente.

‘O Jacaré já teve outras oportunidades de se candidatar ao título da divisão antes (o brasileiro foi derrotado por Kelvin Gastelum, Yoel Romero e Robert Whittaker). Não deu certo hoje de novo. Mas o Jacaré não foge da luta. É muito duro, muito resistente, continua andando para frente; é um lutador faminto e é muito empolgante assisti-lo, elogiou Dana.

Enquanto Jacaré se afasta da disputa pelo cinturão, seu adversário da última luta, Jack Hermansson, parece ter conquistado os diretores da organização após seu desempenho impecável contra o brasileiro. Porém, apesar do bom desempenho do sueco, Dana tratou de frear as expectativas sobre o futuro do atleta.

‘Hermansson me surpreendeu demais. Absorveu todos os golpes e ainda tentou dar uma guilhotina em Jacaré, o que é algo impensável. Ele não teve medo de ir para o chão com Jacaré. O cara estava em uma noite incrível. Não dá para falar de título (para Jack), porque ainda temos um campeão interino e um linear (Israel Adesanya e Robert Whittaker), mas ele está no caminho certo, finalizou White.

A nova derrota mostrou que Jacaré realmente não vive um bom momento na carreira. Em suas últimas cinco lutas, o brasileiro de 39 anos saiu derrotado em três oportunidades. Uma, inclusive, para o atual campeão linear da divisão, Robert Whittaker.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário