Conor McGregor diz estar novamente motivado e cita LeBron James como inspiração

Astro irlandês revela aprendizado movido por astro da NBA e acredita estar em uma nova fase na carreira

C. McGregor (foto) revela nova fase e cita L. James. Foto: Reprodução/Instagram @thenotoriousmma

O irlandês Conor McGregor certamente é um nome que nunca será esquecido no mundo do MMA. O atleta mudou os rumos das promoções de lutas e conquistou cifras alcançadas por poucos lutadores no desenvolver de suas carreiras. McGregor, no entanto, em entrevista recente a Tony Robbins, revelou estar em um outro momento na carreira e avaliou maneira como aprendeu a gastar seu dinheiro, tendo LeBron James como inspiração.

Veja Também

Ultimate antecipa e Cigano encara Francis Ngannou na luta principal do UFC Minneapolis
McGregor provoca Rafael dos Anjos por dedo quebrado e leva resposta: ‘Eu teria feito você engolir aquele pé’
Ian Heinisch admite que ‘paciência’ foi fundamental para derrotar Cara de Sapato

“Por muito tempo, nos meus vinte e poucos anos, eu comecei a acumular riqueza e dinheiro. Eu estava fascinado por coisas materiais. Eu comprava relógios e carros. Eu parei com isso”, comentou Conor.

O lutador revelou ter se inspirado no astro da NBA, LeBron James, que, segundo Conor, gastava parte de suas finanças investindo na própria carreira, se preocupando com saúde além dos luxos pessoais.

“Eu li que LeBron James gastou US$1,5 milhões (cerca de R$6 milhões) mais cedo nele mesmo. Ele contratou fisiologistas, terapeutas, massagistas, nutricionistas; tudo isso. Quando eu vi isso, percebi que não fiz o mesmo. Gastei zero em mim mesmo”, declarou o irlandês.

O ex-campeão dos penas (até 65,7kg.) e leves (até 70,3kg.) do Ultimate, em um momento de rara autocrítica, comentou sobre a perda de foco durante a preparação para seus duelos. A fama e o dinheiro podem ter sido responsáveis pelo momento vivido pela lenda, que vem de derrota para Khabib Nurmagomedov na disputa pelo cinturão dos leves em outubro do ano passado.

“Quando a preparação para uma luta começa, você leva um grupo de pessoas para o deserto de Las Vegas e se prepara loucamente por 10 semanas (cerca de dois meses e meio). Você está metade focado, não 100%”, confessou Conor. “Você certamente não pode ser desse jeito na luta; na verdade, você não pode ser assim em esporte nenhum. Se você está no jogo, tenha certeza de que você está focado, então será seu jogo. Eu adotei essa filosofia recentemente”, confessou o ex-campeão.

McGregor já chocou o mundo algumas vezes. O atleta, em agosto de 2017, conseguiu realizar uma luta de boxe com cifras milionárias contra o lendário Floyd Mayweather. Após o combate, no qual o irlandês saiu derrotado por nocaute, o atleta do MMA garantiu sua independência financeira e, a partir daí, poucos acreditavam que vê-lo novamente no octógono.

No entanto, em 2018, o irlandês novamente surpreendeu e garantiu seu retorno às artes marciais mistas para disputar o cinturão dos leves, que, naquele momento, pertencia a Khabib. McGregor saiu derrotado e, atualmente, se encontra sem adversário para retomar sua carreira. Todos os seus possíveis rivais, já possuem lutas agendadas até o fim do ano. O atleta, porém, se mostrou, antes de tudo, preparado com seu equilíbrio mental, para que, assim, possa voltar a ser o lutador que já foi.

“Eu tive quedas, falhas na minha motivação. Falhas no meu comprometimento. Mas eu estou resolvendo isso e estou em um bom lugar agora”, finalizou Conor.

Atualmente, o irlandês está com 30 anos. Apesar de seu último revés, o cartel do atleta ainda permanece impressionante. Em 25 lutas na carreira, o ex-campeão conquistou 21 vitórias e saiu derrotado em quatro oportunidades.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário