Campeão mundial de boxe, Keith Thurman desafia Conor McGregor

Mesmo com luta agendada conta o lendário Manny Pacquiao, campeão meio-médio pede luta contra irlandês

K. Thurman (esq.) desafia C. McGregor (dir.) para luta de boxe. Foto: Montagem SL / MMA Press

Mesmo afastado do mundo da luta há mais de sete meses, Conor McGregor ainda continua sendo lembrado por atletas de diversas modalidades. Em entrevista recente ao ‘TMZ’, o atual campeão meio-médio (até 66,6kg.) da WBA (Associação Mundial de Boxe) lançou um desafio para o irlandês, que realizou um combate com cifras milionárias contra Floyd Mayweather, em 2017. Keith tem luta marcada contra Pacquiao para o dia 20 de julho.

Veja Também

Após derrota, Cara de Sapato pede luta contra Elias Theodorou
Cosmo Alexandre se diz chateado por lesão de Sage Northcutt: ‘Não desejo a ninguém’
Raphael Assunção enfrenta Cory Sandhagen no UFC 241, diz site

“Você sabe que no boxe vai ganhar dinheiro também. Lute comigo, Conor”, desafiou o campeão.

O fato de McGregor ser muito conhecido pelo poder de nocaute da mão esquerda, Thurman não se mostrou impressionado com as habilidades de Conor. No duelo contra Floyd, Conor se tornou presa fácil no 10º assalto, quando mostrou estar fisicamente exausto e acabou derrotado por nocaute pelo veterano.

“Floyd (Mayweather) o colocou para baixo e bateu nele como se estivesse brincando”, comentou Keith, que ainda minimizou as qualidades de McGregor. “Ele quer falar bobagens? Ele quer pensar que ele realmente tem mãos? Pare com isso”, indagou o pugilista.

Keith, apesar de ser um atual campeão mundial de boxe, não passa de mais um a querer ‘tirar um pedaço’ de Conor. Com sua inovadora maneira de promover lutas, o irlandês realmente tornou seus embates em verdadeiros negócios, que rendem muito dinheiro às partes envolvidas.

Enquanto McGregor possui apenas uma luta no boxe profissional, Thurman possui um cartel impecável. Em 30 lutas, o lutador de 30 anos nunca foi derrotado. Este fato pode ser um diferencial e fazer com que o convite seduza o irlandês. No entanto, Conor toma suas decisões à sua maneira e, quase sempre, consegue o que deseja.

O ‘Notorious’ não luta desde outubro do ano passado, quando foi derrotado por Khabib Nurmagomedov em disputa pelo título dos leves (até 70,3 kg.) do UFC.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário