Tyron Woodley revela lição aprendida com Jon Jones contra fase ruim: ‘Abraçar o caos’

Ex-campeão dos meio-médios relatou seus passos para se afastar dos momentos de dificuldades vividos recentemente na carreira

T. Woodley (foto) revela exemplo em J. Jones para superar dificuldades. Foto: Reprodução/Instagram @twoodley

O ex-campeão meio-médio (até 77kg.), Tyron Woodley revelou ter se inspirirado em Jon Jones para superar dificuldades vividas na carreira. Em entrevista recente ao programa ‘Ariel Helwani MMA Show’, o norte-americano contou como tem lidado para atravessar o mau momento no MMA. Recentemente Woodley foi retirado da luta principal do UFC Mineápolis, que acontece no dia 29 de junho.

Veja Também

Michael Bisping acredita que tempo afastado pode afetar retorno de Nate Diaz ao octógono
Empresário de Khabib projeta luta com St. Pierre ainda em 2019
Campeão mundial de boxe, Keith Thurman desafia Conor McGregor

“Eu sou melhor quando estou no caos e eu tive que lidar com isso. Eu ouvi Jon Jones dizer que ele não treina entre uma luta e outra. Eu pensei: ‘caramba, eu achei que eu era o único. Era como se fosse o meu segredo escondido”, confessou Tyron.

O ex-campeão, no entanto, tratou de evitar polêmicas e se limitar a comparar seu estilo ao de Jones apenas nesta situação, mostrando muito respeito ao atual campeão meio-pesado (até 93kg.).

“Não vou me comparar a Jon, porque, na minha opinião, ele pode ser o melhor atleta de MMA que já vimos, mas Jon teve tanto caos em sua vida fora do octógono, mas ele conseguiu se aprimorar em suas lutas”, relatou Woodley. “Eu descobri isso. Não fuja. Não se esconda dele (do caos). Deus construiu você de uma maneira única”, comentou o meio-médio.

Tyron Woodley realizou sua última luta quando foi dominado por cinco rounds no duelo contra o nigeriano Kamaru Usman e perdeu o cinturão dos meio-médios em março, no UFC 235. Após o revés, o Ultimate agendou, para julho, um novo combate em que o ex-campeão reeditaria uma apresentação contra Robbie Lawler, que aconteceu em 2016 e consagrou Woodley como número um da divisão.

Na última semana, no entanto, surgiram rumores de que Tyron havia se lesionado e não poderia se apresentar na luta principal do UFC 239. A informação foi confirmada e a revanche de Lawler foi oficialmente retirada do card.

Tyron Woodley, 37, estreou no Ultimate em 2013. Desde então, o atleta se apresentou em 13 oportunidades, saindo vencedor em nove, empatando uma e sofrendo três reveses.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário