Campeão do Bellator, Patrício Pitbull garante que derrotaria Max Holloway

Atual detentor do título dos penas e leves de organização concorrente ao Ultimate revela que não vê evolução no algoz de José Aldo, e que certamente o venceria

P. Pitbull (esq.) diz que venceria M. Holloway (dir.) em possível luta. Foto: Montagem SL/MMA Press

O campeão dos penas e leves do Bellator, o brasileiro Patrício Pitbull revelou que derrotaria o campeão do Ultimate, Max Holloway, caso houvesse um duelo entre eles. A informação foi divulgada em entrevista recente ao site ‘MMA Junkie’. Patrício atua pela concorrente do Ultimate desde 2010.

Veja Também

Aos 40 anos, Urijah Faber deixa aposentadoria e confirma retorno para o UFC
Jéssica Bate-Estaca posa nua com cinturão do UFC: ‘Uma fotinha bem básica’
Treinador de José Aldo, Dedé Pederneiras acredita em nova volta por cima de atleta

“Eu o derrotaria (Max Holloway). Isso é um fato. Da mesma forma que eu tive certeza que derrotaria Michael Chandler, eu tenho certeza que derrotaria Max Holloaway. Para mim, ele é o mesmo Max que lutou contra Conor McGregor e perdeu (em 2013). Para mim, ele é o mesmo cara. Não mudou muito”, comentou Pitbull.

O atleta, no entanto, tratou de expor, também, as qualidades de Holloway, a que considera um exímio boxeador, tendo, inclusive, derrotado o brasileiro José Aldo por nocaute em duas oportunidades, ambas em 2017 pelo título dos penas.

“No entanto, ele é muito versátil. Ele é muito alto e utiliza bem sua distância, além de ter um boxe afiado. Por isso, outros lutadores não conseguem se comparar a ele tecnicamente. Ele nocauteou Aldo duas vezes com o boxe puro. Falando como pugilista, ele conseguiu paralisar Aldo dessa forma”, finalizou Patrício.

Levando em conta que os dois atletas são, atualmente, lutadores de extrema relevância para suas respectivas companhias, é muito difícil que haja um encontro entre os campeões em breve.

Atualmente, Pitbull está com 31 anos. Em seu último embate, no último dia 11, conseguiu bater o norte-americano Michael Chandler, se sagrando campeão peso leve (até 70.3kg.) do Bellator e conquistando seu segundo cinturão pela companhia.

Holloway, 27, assim como Patrício, teve a oportunidade de conquistar seu segundo cinturão, porém, pelo UFC. O havaiano, no entanto, sucumbiu ao norte-americano Dustin Poirier e deixou escapar a chance de se sagrar dono da cinta interina dos leves. O atleta, então, permaneceu com o título dos penas, conquistado em cima de José Aldo, em 2017.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments