Brasileira Karolline Rosa assina contrato com o UFC e estreia em agosto, na China

Peso galo será mais uma atleta a representar na categoria que tem Amanda Nunes como campeã

K. Rosa assina com UFC. Foto: Reprodução/Instagram @Karolrosamma

A capixaba Karolline Rosa acaba de dar um grande passo em sua carreira no MMA. A atleta realizou o sonho de assinar contrato com o UFC e poderá ter sua estreia em 31 de agosto, pelo UFC Shenzhen, na China. A informação foi divulgada pelo site ‘Psicóticos por MMA’. O Ultimate ainda não oficializou a contratação da lutadora.

Veja Também

Borrachinha acusa ex-treinador de tentar chantageá-lo em caso de doping
Shevchenko defende cinturão contra Liz Camouche no UFC Montevidéu, diz site
Empresário de Anthony Pettis afirma querer ver pupilo enfrentando Conor McGregor

Karol já poderia ter realizado sua estreia como atleta da companhia. A lutadora foi convidada de última hora para enfrentar a compatriota Viviane Araújo em duelo válido pelo UFC 237, ocorrido no Rio de Janeiro, em maio. A peso galo (até 61,2kg.), no entanto, alegou que não conseguiria bater o peso a tempo para o combate. A capixaba, então, deu lugar a Talita Bernardo, que acabou sendo derrotada por nocaute.

A boa fase nas artes marciais mistas, no entanto, fez com que os ‘olheiros’ do Ultimate mantivessem a atenção na lutadora do Espírito Santo. Rosa é companheira de treinos da atual campeã das palhas, Jéssica ‘Bate-Estaca’ e vem conquistando boas vitórias em sua carreira.

Caso seja confirmada no evento na China, Karolline poderá se apresentar no mesmo card da compatriota, que realizará sua primeira defesa de cinturão desde que derrotou Rose Namajunas no último dia 11 de maio, contra Weili Zhang.

A brasileira iria se apresentar em Macau, pelo ‘Battlefield Fighting Championship’, contra Jan Finney, em 27 de julho. O compromisso com o UFC fará, no entanto, que Rosa tenha que desistir do embate.

A oponente de Rosa para o evento na China ainda não foi divulgada.

Aos 24 anos, Karolline Rosa Cavedo já disputou 14 lutas profissionais, e venceu em 11 oportunidades. A lutadora vem de dois triunfos seguidos em seu cartel.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário