Empresário de Anthony Pettis afirma querer ver pupilo enfrentando Conor McGregor

Para Abraham Kawa, caso atleta vença Nate Diaz no UFC 241, em agosto, luta contra irlandês seria interessante

Treinador de A. Pettis gostaria de ver atleta enfrentando C. McGregor. Foto: Reprodução/Facebook @ufcbrasil

Sem atuar desde outubro do ano passado, Conor McGregor segue sendo alvo de diversos lutadores do UFC. Desta vez, quem está na fila é Anthony Pettis. Em entrevista recente ao site ‘MMA Junkie’, o empresário de ‘Showtime’, Abraham Kawa, afirmou que gostaria de ver seu cliente enfrentando o irlandês, caso Pettis derrote Nate Diaz pelo UFC 241, em 17 de agosto.

Veja Também

Agora aposentado, Chael Sonnen brinca: ‘Fui o melhor trapaceiro do esporte’
TJ Dillashaw comenta retorno de Urijah Faber: ‘Espero que não se machuque por dinheiro’
Treinador de Conor McGregor afirma: ‘Ele está faminto de novo’

“Mesmo que Conor enfrente Khabib (Nurmagomedov), eu não acho que esta é a luta. Eu realmente não quero ver essa luta no momento. Agora, eu gostaria de ver Conor contra Anthony. Se Anthony bater Nate, acho que McGregor é o próximo para o futuro”, declarou Kawa.

Antes que sua vontade seja ao menos cogitada, o empresário reconhece as qualidades do próximo adversário de Pettis. Nate já enfrentou grandes nomes do MMA, como Donald Cerrone, Ben Henderson, Conor McGregor e Rafael dos Anjos. Mesmo que não tenha saído vitorioso em todos os combates, o atleta certamente empolgou o público com sua forma de se apresentar.

“Ele tem seguidores (Diaz). Tem um nome. Ele é um dos grandes do esporte. Para convencer Nate a levantar pela manhã e pensar que quer enfrentar uma pessoa, eu acredito que vai ser para valer”, comentou Abraham.

Para muitos, Nate é um atleta muito controverso. O lutador, apesar de ser mundialmente conhecido nas artes marciais mistas, junto a seu irmão, Nick Diaz, possuem uma personalidade muito forte o que, muitas das vezes, os levaram a confrontar a diretoria do UFC.

Prova disso, é o fato de Diaz não atuar pela companhia desde agosto de 2016, há quase três anos atrás. O atleta, atualmente, seleciona bem seus adversários e, recentemente admitiu que não vai mais atuar em sua antiga divisão (dos leves – até 70,3kg.), por, segundo Nate, ter derrotado todos os oponentes de alto nível.

Agora atuando pelos meio-médios (até 77kg.), Diaz terá pela frente o ex-campeão dos leves. A possível motivação para que o norte-americano saísse de seu hiato de quase três anos pode ser o nome que Anthony carrega e o fato de o atleta vir de uma grande vitória em sua carreira. Em março deste ano, Pettis derrotou o compatriota Stephen Thompson com um impressionante nocaute, levantando o público presente do UFC Nashville.

“Eu vi Anthony contra ‘Cowboy’ (Donald Cerrone), e agora vou vê-lo contra Nate. Eles não se gostam e não conseguem se olhar nos olhos. Eles são dois caras que vão para cima o tempo todo. O melhor irá vencer e eu acredito que será Pettis, se ele fizer o que tem que fazer”, finalizou o empresário.

Caso Conor aceite o desafio de Abraham, não se sabe em qual categoria seria disputado o duelo, haja vista que McGregor atualmente é o terceiro colocado no ranking dos leves e pode, a qualquer momento, ser convidado para uma disputa de título, considerando sua boa relação com a diretoria do UFC.

Aos 32 anos, Pettis já atuou 28 vezes no MMA profissional. Com 21 vitórias e sete derrotas, o norte-americano viveu seu melhor momento na carreira entre 2013 e 2015, quando foi campeão do Ultimate, até ser destronado pelo brasileiro Rafael dos Anjos no UFC 185.

Nate, por sua vez, fará sua 31ª luta. O polêmico atleta, aos 34 anos, soma 19 triunfos e 11 reveses em sua carreira como profissional nas artes marciais mistas.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments