Em preparação para enfrentar Poirier, Khabib afirma: ‘Não vou lutar por muito mais tempo’

Campeão dos leves revela que ainda se mantém motivado para lutar MMA, mas que não se atuando por muitos anos

K. Nurmagomedov (foto) fala sobre aposentadoria. Foto: Reprodução/Instagram @khabib_nurmadomedov

Um dos principais nomes do UFC, na atualidade, certamente é Khabib Nurmagomedov. O atleta russo, invicto até o momento, teve seu prestígio aumentado após derrotar Conor McGregor em um grande evento realizado em outubro do ano passado, no UFC 229, válido pelo cinturão dos leves (até 70,3kg.). Hoje, milionário, o lutador revelou que não tem planos de estender a carreira por muito tempo, julgando não ser mais um garoto. A declaração foi feita em entrevista recente ao programa ‘Rússia 24’.

Veja Também

Jon Jones acredita que massa muscular de Marreta prejudica brasileiro neste sábado
A dois dias de enfrentar Amanda, Holly diz: ‘Vou chocar o mundo pela segunda vez’
Prestigiada, Amanda Nunes recebe três prêmios no ‘Oscar do MMA’

“Sem dúvidas (sobre se aposentar em breve). Eu não sou mais um garoto nesse esporte. Minha carreira é longa. Eu acho que devo fazer mais algumas lutas. Ainda tenho a chama da competição em mim. O fogo pelo desafio. Quero lutar e mostrar todas as minhas habilidades contra os melhores atletas. O tempo irá dizer, mas, agora, estou preocupado com minha próxima batalha”, declarou Khabib.

O atleta está escalado para realizar seu primeiro embate desde que foi liberado para atuar após cumprir uma suspensão de nove meses após a confusão generalizada iniciada pelo russo após sua vitória sobre Conor no UFC 229. Nurmagomedov terá pela frente o norte-americano Dustin Poirier, que conquistou o cinturão interino da divisão após bater Max Holloway em abril deste ano.

O duelo foi confirmado para acontecer no dia 7 de setembro, pelo UFC 242, em Abu Dhabi. O vencedor será, após o encontro, considerado o campeão absoluto da divisão, que, hoje, é considerada uma das mais disputadas dentro da companhia.

Além de conversar sobre sua permanência ou não no MMA, Khabib também declarou sua vontade de realizar a tão aguardada peleja contra o norte-americano Tony Ferguson, que recentemente derrotou Donald Cerrone em seu retorno ao octógono após mais de oito meses de inatividade por conta de lesões e problemas pessoais. O russo, no entanto, afirmou que Ferguson precisa vencer mais um combate caso queira se credenciar a lutar pelo cinturão.

“Precisamos de uma luta com o Ferguson. No entanto, eu não escolho adversários. Na verdade, eu nunca fiz isso. Estou em ótima forma e saudável. Tenho uma sequência invicta, e tenho o cinturão. Se Tony quer uma luta, ele tem que dar um passo à frente. Não me importa se será Poirier ou Ferguson, estou pronto para lutar com qualquer um”, finalizou Nurmagomedov.

Aos 30 anos, Khabib vem, ao longo dos anos, mostrando que é um atleta a ser respeitado. Em toda a sua carreira, o lutador já atuou em 27 oportunidades (11 pelo Ultimate) e teve o braço erguido como vencedor em todas as ocasiões. Contra Poirier, além do cinturão linear, a invencibilidade da ‘Águia’, como é conhecido, também será colocada em prova.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário