Cris Cyborg responde a provocações de Dana White: ‘Nunca pisou em um octógono’

Brasileira comenta falas de presidente do Ultimate a respeito de revanche contra Amanda Nunes

C. Cyborg (foto) responde às provocações de D. White. Foto: Reprodução/Instagram@criscyborg

A ex-campeã peso pena (até 65,7kg.) do UFC, Cris Cyborg, está próxima de sua última luta pela companhia. Sob os ares de mudança, a atleta recentemente vem sendo provocada pelo presidente da organização, Dana White, ao ser acusada de ter medo da ‘Leoa’ e não desejar uma nova luta contra a compatriota, Amanda Nunes, para quem perdeu o título de número um em dezembro do ano passado. Em entrevista ao ‘TMZ Sports’, a curitibana respondeu ao mandatário.

Veja Também

Dana White fala sobre nova polêmica de Jon Jones: “Toda vez que ele luta, imagino que será a última”
Anderson Silva recebe cidadania norte-americana: ‘Este é meu país agora’
Chris Weidman sobe de categoria e estreia entre os meio-pesados em outubro, diz site

“Você acha que fico surpresa quando Dana diz coisas assim? Não fico. Eu ficarei surpresa quando ele disse algo bom para mim. Não é novidade para mim. Dana nunca pisou em um octógono. Nunca lutou na vida. Ele não sabe como é a vida de uma lutadora, porque ele é o promotor”, disse Cris.

O vínculo de Cyborg com o UFC se encerra após o combate deste sábado, no UFC 240. Na ocasião, a curitibana irá encarar a ex-campeã do Invicta FC, Felícia Spencer. Independente do resultado, a curitibana ainda não decidiu qual será o rumo que dará em sua carreira. A atleta preferiu não comentar sobre a decisão de renovar o contrato com o Ultimate ou firmar compromisso com outra empresa.

“Eu luto no sábado. Depois do combate, podem ter certeza que vou responder qualquer pergunta que me forem feitas. Eu acho que tenho que focar na luta de sábado. Meus fãs sabem se estou com medo (de Amanda). Vou fazer a luta e depois falar com a imprensa”, declarou Cyborg.

A curitibana é mundialmente conhecida por sua força, agressividade e por ter se mantido invicta durante mais de 10 anos. Em seu último combate, a atleta sucumbiu à força de Amanda Nunes, que chocou o mundo ao nocautear Cyborg em menos de um minuto de combate no UFC232, realizado em dezembro do ano passado. Desde então, rumores sobre um novo confronto têm sido especulados, porém, sem confirmação.

Cris, atualmente, tem 34 anos e soma, em seu cartel profissional, 23 confrontos, com 20 triunfos, duas derrotas e um combate sem resultado.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments