St-Pierre afirma que ainda não enfrentou Khabib porque culpa do UFC: ‘Têm medo que eu o vença’

Lendário lutador e ex-campeão de duas divisões no Ultimate, atleta revela interesse em encarar russo, atual detentor do título linear dos leves

G. St-Pierre (dir.) afirma que confronto contra K. Nurmagomedov (esq.) não aconteceu por culpa do UFC. Foto: Montagem SL/MMA Press

O ex-campeão do UFC, Georges St-Pierre falou publicamente sobre a possibilidade de enfrentar o campeão dos leves (até 70,3kg.), Khabib Nurmagomedov. Após meses de especulações, o canadense afirmou que o embate não foi agendado por conta de entraves relacionados à diretoria do Ultimate. Em entrevista recente ao ‘TSN’, o lutador falou sobre o assunto.

Veja Também

Edgar responde a desafio de Cejudo: ‘Não quero vencer o menor. Quero bater o melhor’
Thiago Marreta relata dificuldades em rotina após cirurgia nos joelhos: Muitas dores’
Cris Cyborg responde a provocações de Dana White: ‘Nunca pisou em um octógono’

“Acho que eles não querem que eu o vença, porque, se eu sair depois de vencê-lo, eu arruinaria todo um investimento”, brincou Georges.

O UFC, de fato, tem trabalhado a fim de construir uma boa imagem do russo, que ganhou muita notoriedade dentro das artes marciais mistas após bater o irlandês Conor McGregor, em outubro do ano passado no UFC 229. Os dois elevaram a promoção do combate e realizaram uma apresentação que bateu recordes de vendagem de pay-per-views.

Desde que derrotou Conor, Khabib tem manifestado o interesse de enfrentar o ex-campeão dos meio-médios (até 77kg.) e médios (até 83,9kg.). Para o russo, St-Pierre é uma lenda do esporte e o lutador se mantem motivado com a expectativa de um grande confronto.

Sobre a possibilidade da peleja, St-Pierre enumerou questões em que ele acredita ser melhor do que o russo. O canadense afirmou que consegue enxergar áreas em que poderia bater o, até hoje, imbatível lutador.

“Acho que há diferentes áreas da luta em que sou melhor do que ele. Embora ele seja melhor do que eu em algumas coisas, eu sou mais rápido, controlo melhor a distância e entrando para a queda mais rápido. Ele é melhor perto da grade. Se eu mantiver essa luta em aberto, eu ganho”, finalizou o ex-UFC.

Os dois atletas já manifestaram o interesse de se enfrentar. Cabe, no entanto, ao UFC apressar as negociações e agendar a super luta. Ambos, no entanto, terão de aguardar até o ano que vem, pois Nurmagomedov tem compromisso marcado contra Dustin Poirier para o dia 7 de setembro, no UFC 242, pela unificação do título dos leves.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments