Duelo brasileiro entre Deiveson e Pantoja é eleito ‘Luta da Noite’ no UFC 240

Compatriotas recebem US$50 mil por atuação na terceira luta do card preliminar, que levantou o público com um grande espetáculo; Hakeen Dawodu e Geoff Neal levam prêmio por performances

D. Figueiredo (esq.) em duelo contra A. Pantoja (dir.). Foto: Reprodução/Facebook @ufc

Entre os 22 atletas que se enfrentaram no UFC 240, realizado neste sábado (27), em Edmonton (CAN), dois têm motivos para sorrir. Os brasileiros Deiveson Figueiredo e Alenxandre Pantoja foram bonificados pela diretoria do Ultimate ao terem sido eleitos como os representantes do melhor embate do evento. Cada um receberá US$50 mil (cerca de R$189 mil). O anúncio foi feito na conta oficial da organização no Twitter após o espetáculo. Além dos atletas tupiniquins, Hakeen Dawodu e Geoff Neal também deixarão o Canadá com o bolso cheio por terem sido eleitos como melhores performances.

Veja Também

Vídeo: Assista os melhores momentos da luta entre Deiveson Figueiredo x Alexandre Pantoja no UFC 240
VÍDEO: Assista à vitória de Cris Cyborg sobre Felicia Spencer no UFC 240
Max Holloway bate Frankie Edgar e mantém cinturão dos penas no UFC 240

O duelo entre Deiveson e Pantoja já foi muito aguardado pelos fãs de MMA, já que se trata de dois atletas de alto nível. Os dois fazem parte da elite na categoria dos moscas (até 56,7kg.) e almejavam, após o combate, conquistar a condição de poder desafiar o atual campeão, Henry Cejudo, no futuro. Na ocasião, o paraense foi declarado o vencedor do combate na decisão unânime dos juízes. Mesmo derrotado, Pantoja irá para casa com o bolso recheado.

Outro atleta do card preliminar também teve seu reconhecimento por parte da diretoria do UFC. Lutando ‘em casa’, o canadense Hakeen Dawodu recebeu um dos prêmios de ‘Performance da Noite’ após bater o japonês Yoshinori Horie na quinta luta da noite, entre os penas (até 65,7kg.). No combate, Dawodu conseguiu um dos três nocautes do UFC 240. Após mostrar muita resistência, Horie, aos quatro minutos do terceiro assalto, sucumbiu à força de Hakeen e foi impedido de continuar lutando pelo árbitro do embate.

Em duelo entre norte-americanos realizado no Canadá, Geoff Neal voltou a realizar uma grande apresentação pelo UFC e acabou sendo bonificado por sua atuação. Em embate contra Niko Price, Neal conseguiu derrotar o oponente por nocaute, representando o terceiro combate do card principal. O triunfo sobre Price representou o sexto consecutivo de Geoff, e o 12º da carreira do norte-americano. Com mais outra boa atuação, Neal, agora, buscará enfrentar atletas da elite dos meio-médios (até 77kg.) que, hoje, tem o nigeriano Kamaru Usman como campeão.

Resultados do UFC 240

CARD PRINCIPAL

Peso pena (até 65,7kg.): Max Holloway derrotou Frankie Edgar na decisão unânime dos juízes (50-45 48-47 50-45)

Peso pena (até 65,7kg.): Cris Cyborg derrotou Felicia Spencer na decisão unânime dos juízes  (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio (até 77kg.): Geoff Neal derrotou Niko Price por nocaute a 2m39s do R2

Peso leve (até 70,3kg.): Arman Tsarukyan derrotou Olivier Aubin-Mercier na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso médio (até 83,9kg.): Krzysztof Jotko derrotou Marc-Andre Barriault por decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso mosca (até 56,7kg.): Viviane Araújo derrotou Alexis Davis na decisão unânime dos juízes  (29-28, 29-28, 29-28)

Peso pena (até 65,7kg.): Hakeem Dawodu derrotou Yoshinori Horie por nocaute a 4m09s do R3

Peso pena (até 65,7kg.): Gavin Tucker derrotou Seung Woo Choi por finalização a 3m17s do R3

Peso mosca (até 56,7kg.): Deiveson Figueiredo derrotou Alexandre Pantoja na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso mosca (até 56,7kg.): Gillian Robertson derrotou Sarah Frota por nocaute a 4m15s do R2

Peso leve (até 70,3kg.): Erik Koch derrotou Kyle Stewart na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário