Max Holloway bate Frankie Edgar e mantém cinturão dos penas no UFC 240

Havaiano mostra boxe de excelência e derrota experiente adversário na luta principal deste sábado

M. Holloway como campeão do UFC .Foto: Reprodução/Facebook @maxholloway

O havaiano Max Holloway provou mais uma vez que, atualmente, é o melhor atleta em atividade na divisão dos penas (até 65,7kg.) do Ultimate. Na luta principal do UFC 240, realizado neste sábado (27), em Edmonton (CAN), ele derrotou o experiente Frankie Edgar na decisão unânime dos juízes e manteve sua hegemonia dentro da divisão.

Veja Também

Vídeo: Assista os melhores momentos de Max Holloway x Frankie Edgar no UFC 240
Cris Cyborg apaga derrota para Amanda e vence Felícia Spencer no UFC 240
VÍDEO: Assista à vitória de Cris Cyborg sobre Felicia Spencer no UFC 240
Em luta emocionante, Deiveson Figueiredo derrota Pantoja no UFC 240
Vídeo: Assista os melhores momentos da luta entre Deiveson Figueiredo x Alexandre Pantoja no UFC 240

Holloway, que voltou ao peso pena depois de tentar e perder a disputa de título interino da categoria de leves (até 70.3 kg.), parece não ter se abalado com o revés diante de Dustin Poirier, em abril. Em seu retorno a categoria onde é campeão, o lutador realizou um combate com muita segurança e conseguiu, ao longo de cinco assaltos, controlar as ações de Edgar, que se frustrou durante toda a peleja em suas tentativas falhas de queda.

O triunfo marcou, também, a ampliação da sequência de vitórias de Holloway em sua categoria de origem. O havaiano não perde entre os penas desde 2013, há quase seis anos, quando foi batido pelo irlandês Conor McGregor na decisão unânime dos juízes.

A luta

O embate começou com Frankie tomando a iniciativa do duelo ao aplicar um chute baixo nas pernas do campeão. Apesar de ser conhecido por seu Wrestling de qualidade, Edgar não mostrava receio de travar o combate em pé contra Max. Muito concentrado, Holloway não tirava o olho do adversário e, aos poucos, conseguia garantir suas pontuações com jabs e chutes. Max levantou o público ao conectar uma boa sequência de socos em Frankie, que sempre tentava responder.

No segundo round, Max começou a fazer valer sua maior envergadura. Controlando melhor a distância, o havaiano conseguia tocar o rosto do adversário sem que Frankie o alcançasse em um contragolpe. O equilíbrio no combate começou a ficar cada vez mais evidente. Com o passar do tempo, os dois lutadores passaram a conectar praticamente a mesma quantidade de golpes. Holloway permanecia na tentativa de cercar o adversário e, sempre que realizava uma investida, sofria um ataque de retorno. Nos segundos finais, o campeão conseguiu conectar um bom chute rodado, que explodiu no peito de Edgar.

O combate retornou com Frankie tentando levar Max para o chão. O campeão, no entanto, mostrou que treinou as defesas e conseguiu evitar as ações. Holloway mostrava muita paciência para tentar desferir seus golpes. O atleta aguardava o momento certo para atingir o adversário e era bastante efetivo em suas tentativas. Frankie tentava surpreender Max com alguns socos rodados, mas o campeão estava atento na estratégia do desafiante. Ao se aproximar do minuto final, Frankie finalmente conseguiu a queda no campeão. Holloway tentava manter a calma para não sofrer uma finalização. A buzina, então, soou.

A quarta etapa, em seu início, teve Edgar buscando as pernas de Max para levá-lo para o chão, mas o havaiano novamente defendeu. Com o boxe afiado, Holloway desferiu alguns jabs que tocavam o rosto do norte-americano e favorecia a pontuação do campeão. Edgar continuava insistindo nas tentativas de queda e se frustrava a cada ação, pois Max não permitia ser levado para o chão. No minuto final, os atletas partiram para a trocação franca com vantagem para o havaiano. Após a desvantagem, o norte-americano voltou a tentar uma queda, mas não havia tempo para mais nada.

No round final, Edgar precisava de uma finalização ou nocaute para sair vencedor do duelo. O norte-americano, então, iniciou a etapa mais agressivo, mas ainda não encontrava facilidade para colocar em prática a estratégia traçada pela sua equipe. Conforme o embate se aproximava do fim, Max economizava energia e já não atacava tanto o adversário. O atleta, porém, conseguia desferir os melhores golpes. Quase no fim da luta, Holloway voltou a magoar o corpo do norte-americano com golpes no rosto e corpo de Frankie.

Resultados do UFC 240

CARD PRINCIPAL

Peso pena (até 65,7kg.): Max Holloway derrotou Frankie Edgar na decisão unânime dos juízes (50-45 48-47 50-45)

Peso pena (até 65,7kg.): Cris Cyborg derrotou Felicia Spencer na decisão unânime dos juízes  (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio (até 77kg.): Geoff Neal derrotou Niko Price por nocaute a 2m39s do R2

Peso leve (até 70,3kg.): Arman Tsarukyan derrotou Olivier Aubin-Mercier na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso médio (até 83,9kg.): Krzysztof Jotko derrotou Marc-Andre Barriault por decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso mosca (até 56,7kg.): Viviane Araújo derrotou Alexis Davis na decisão unânime dos juízes  (29-28, 29-28, 29-28)

Peso pena (até 65,7kg.): Hakeem Dawodu derrotou Yoshinori Horie por nocaute a 4m09s do R3

Peso pena (até 65,7kg.): Gavin Tucker derrotou Seung Woo Choi por finalização a 3m17s do R3

Peso mosca (até 56,7kg.): Deiveson Figueiredo derrotou Alexandre Pantoja na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso mosca (até 56,7kg.): Gillian Robertson derrotou Sarah Frota por nocaute a 4m15s do R2

Peso leve (até 70,3kg.): Erik Koch derrotou Kyle Stewart na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments