Após assistir vitória de Holloway, Volkanovski enxerga chances de vencer campeão

Australiano assiste à luta na primeira fila e consegue encontrar brechas no jogo de havaiano para um embate futuro

A. Volkanovski (foto) fala sobre luta contra M. Holloway. Foto: Reprodução/Facebook Ufc

O último algoz de José Aldo, Alexander Volkanovski, não foi para o Canadá, no último sábado (27) a passeio. O australiano, que acompanhou o duelo entre Max Holloway e Frankie Edgar válido pelo título dos penas (até 65,7kg.), no UFC 240, usou o combate para analisar as falhas nos jogos de seus possíveis futuros adversário. Segundo o atleta, ele tem as armas necessárias para derrotar Holloway em uma eventual disputa de título. A declaração foi feita em entrevista oficial para o UFC.

Veja Também

Dana afirma que McGregor pode ser ‘reserva’ de Khabib e Poirier em caso de lesão no UFC 242
Após derrotar Pantoja, Deiveson mira Cejudo: ‘Consigo nocautear antes do terceiro round’
Presidente do Bellator parabeniza Cyborg após vitória da brasileira no UFC 240

“Sinto que Frankie realmente caminhar para frente e acabou se tornando um alvo fácil. Ele começou a ser atingido com socos algumas vezes. Eu não faria isso. Eu ficaria fora do alcance de Holloway. Entraria e sairia. Trabalharias as quedas e o confundiria no combate”, disse o peso pena.

Apesar de Max ter sido declarado vencedor do combate na decisão unânime dos juízes, para Alexander, no entanto, a luta foi equilibrada. O australiano percebeu que Frankie conseguiu algumas boas ações sobre o havaiano, o que pôde dar margens para ações a serem trabalhadas contra Holloway no futuro.

“Eu acho que foi uma luta parelha. Sentado nas cadeiras, eu achei que foi mais equilibrada do que os juízes viram. Acho que Frankie venceu alguns rounds. Foi competitivo e duro”, elogiou Volkanovski.

Uma das características marcantes de Holloway é a capacidade acima da média de boxear. Em cinco rounds, o havaiano conseguiu mostrar ao público uma habilidade acima da média de desferir jabs e diretos sem que fosse surpreendido por um contra-ataque. O lutador controla muito bem a distância e consegue pontuar sem que seja agredido de qualquer forma. Alex também comentou sobre as qualidades do campeão.

“Se quiser me enfrentar com esse tipo de plano de jogo, sinto que sou bastante explosiva e poderoso. Sinto que posso fazer muito mais estragos e, mais uma vez, tenho o meu passado de luta livre. Max é um verdadeiro campeão. Eu gosto de vê-lo lutar, mas eu quero ter essa luta. Eu quero isso”, finalizou o australiano.

Após o UFC 240, começaram a surgir nos bastidores o boato de que Holloway e Volkanovski podriam integrar o card do UFC 243, que acontecerá em 6 de outubro, na Austrália. Embora seja uma possibilidade, a confirmação do embate geraria um acúmulo de compromissos na agenda de Max, que realizaria seu quarto combate em menos de um ano. O campeão afirmou em coletiva após o card deste sábado que precisaria de uma avaliação médica antes de tomar qualquer decisão.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments