Após UFC Newark, Covington e Usman batem boca em entrevista

Atletas foram colocados frente a frente e quase chegaram às vias de fato após o evento deste final de semana

C. Covington (dir.) e K. Usman (dir.) trocam farpas em entrevista. Foto: Reprodução/YouTube ESPN MMA

Após o UFC Newark, realizado no último sábado (3), nos Estados Unidos, o norte-americano, Colby Covington, mostrou que é um adversário em potencial para enfrentar o atual campeão dos meio-médios (até 77kg.), Kamaru Usman. Covington derrotou Robbie Lawler após dominar o compatriota por cinco rounds e, após o evento, foi colocado frente a frente com o nigeriano em uma entrevista para a ‘ESPN’. O encontro gerou tensão em determinados momentos pela troca de farpas entre os atletas, que se desafiaram e aumentaram a expectativa para um futuro confronto.

Veja Também

Presidente do Bellator se empolga com liberação de Cris Cyborg: ‘Vou ligar para o seu empresário em cinco minutos’
Vídeo: Assista à finalização do brasileiro Claudio Hannibal no UFC Newark
Colby Covington domina Robbie Lawler, vence na decisão e desafia campeão Kamaru Usman

“A única coisa que você vai perder mais rápido do que seu cabelo é esse seu cinturão de Power Ranger. Pare de fingir lesões. Você está fora por oito meses com uma lesão de hérnia. Leva seis semanas para se recuperar. Pare de fingir lesões. Você é o Tyron Woodley 2.0″, disse Covington.

O possível desafiante provocou o campeão, que está afastado do esporte por se recuperar de uma cirurgia para o tratamento de duas hérnias de disco. A última vez que o nigeriano entrou no octógono foi em março deste ano, quando derrotou Woodley na decisão unânime dos juízes e se tornou o detentor do título da divisão.

Em resposta, Kamaru afirmou que Colby seguia suas provocações por saber que o local estava repleto de seguranças, e que não havia possibilidade de ambos entrarem em um confronto direto. O norte-americano é conhecido por não ter papas na língua e dizer o que pensa, independente da repercussão de suas ações.

“Ele fala muito porque sabe que aqui está cheio de seguranças na nossa frente. Nós já vimos seus vídeos”, comentou o campeão.

Questionado sobre quais as qualidades que Usman teria para serem usadas como vantagem em um possível confronto, Covington minimizou as habilidades do campeão.

“Ele não presta. Onde é que ele é bom? Ele venceu caras que eu também venci. Ele bateu em caras que eu deixei para morrer. Rafael dos Anjos, Demian Maia, eu os deixei para morrer. Ele veio e pegou as sobras depois de mim. Ele é uma piada. Ele está seguindo meus passos”, finalizou Colby.

Durante a conversa, Usman se mostrou aberto à possibilidade de a luta acontecer em 2 de novembro, pelo UFC 244, em Las Vegas. Até o momento, apenas a luta entre Derrick Lewis e Blagoy Ivanov está confirmada para acontecer.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments