Apenas duas semanas após bater Pantoja, Deiveson tem nova luta agendada para outubro

Brasileiro enfrenta o experiente norte-americano, Tim Elliott, que não luta há quase dois anos

D. Figueiredo tem luta marcada para outubro. Foto: Reprodução/Instagram @daico_deusdaguerra

O peso galo (até 61,2kg.) Deiveson Figueiredo mostrou que está disposto a realizar os pedidos do Ultimate por uma chance pela disputa de cinturão. Apenas duas semanas depois de ter batido o compatriota Alexandre Pantoja, no UFC 240, o paraense já tem um novo compromisso agendado com a organização. O lutador enfrentará Tim Elliott em 12 de outubro, pelo UFC San Francisco, nos Estados Unidos. A informação foi divulgada pelo ‘Combate’.

Veja Também

Hebert Burns promete finalização para garantir contrato com UFC no ‘Dana White Contender Series’
Cyborg se desculpa com presidente do UFC por publicar vídeo adulterado
Após saída de Cyborg, Dana garante permanência da categoria das penas no UFC

Muitos acreditavam que o ótimo duelo entre Deiveson e Pantoja poderia credenciar o vencedor a uma chance de disputar o cinturão, ou até de encarar o atual número um do ranking, Joseph Benavidez, já que o detentor do título, Henry Cejudo, se recupera de uma cirurgia no ombro e só deve retornar ao octógono em 2020. A luta entre os brasileiros que representou a terceira luta do card preliminar e foi eleito o combate da noite pela diretoria do UFC, rendendo aos atletas a premiação de US$50 mil (cerca de R$190 mil), cada.

Figueiredo, no entanto, mesmo após a ótima performance frente a um oponente de elite, foi escalado para atuar contra o atual número seis da divisão. Elliott não realiza um combate profissional desde dezembro de 2017, quando foi superado por Mark De La Rosa por finalização, no UFC 219. O revés marcou a quarta atuação do atleta desde que ele retornou ao Ultimate, em 2016. O atleta já havia feito parte do grupo de lutadores da empresa entre 2012 e 2015.

Em seu retorno ao UFC, em 2016, Tim teve a oportunidade de disputar o cinturão dos galos, mas acabou derrotado pelo lendário Demetrious Johnson. No tempo em que esteve fora do Ultimate, o norte-americano foi campeão do Titan FC.

Deiveson, com seu triunfo sobre Pantoja, retomou a boa fase na carreira. O paraense havia sofrido sua primeira derrota na carreira após ser batido pelo compatriota Jussier Formiga, em março desse ano. Porém, a atuação convincente contra Alexandre, voltou a colocar Figueiredo nos holofotes da categoria.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário