Derrotado na estreia, Alex Leko garante estar motivado para conquistar a sua primeira vitória no UFC

Catarinense encara o mexicano Rodrigo “Kazula” Vargas este sábado (10) no UFC Montevidéu, no Uruguai

Leko busca 1ª vitória no UFC. Foto: Divulgação

A estreia de Alex  Leko, no UFC, em abril deste ano, não foi como ele havia planejado. Apesar de ter sido chamado de última hora para integrar o card do UFC Rússia, o catarinense de Balneário Camboriú esperava se apresentar melhor contra o russo Alexander Yakovlev. Mas a derrota já ficou para trás, e Leko terá uma nova chance de mostrar todo o potencial que o levou a assinar com a maior organização de MMA do planeta. Este sábado (10), o peso-leve brasileiro enfrentará o mexicano Rodrigo “Kazula” Vargas no UFC Montevidéu, no Uruguai.

Saiba mais

Shevchenko faz luta segura, bate Carmouche e mantém cinturão das moscas no UFC Montevidéu
UFC Montevidéu: Valentina Shevchenko x Liz Carmouche – Resultados

“Estou muito motivado e vou em busca dessa vitória. Treinei muito forte para que nada me surpreenda durante a luta. Na minha estreia, o meu oponente foi feliz em achar aquela posição (Leko foi finalizado com uma guilhotina), mas sei que cometi um erro técnico. Mas aprendi da forma mais dura que eu não posso me descuidar nem um minuto durante o combate”, disse o atleta da Astra Fight Team.

Se na estreia na organização Leko foi chamado com pouco tempo para a luta, desta vez o brasileiro teve que lidar com a troca de oponente. Inicialmente ele enfrentaria Rafael Fiziev, mas a menos de duas semanas para a luta teve o seu adversário trocado. Agora ele enfrentará o mexicano Rodrigo “Kazula” Vargas, que é canhoto e fará a sua estreia na organização.

“Muda um pouco a estratégia porque o oponente agora é canhoto, e o ângulo de entrada para conectar os golpes é diferente. Lutar com canhoto é bem diferente, pois todo o lado direito fica aberto para ambos. Mas estou bem preparado e isso não será um problema. Sei que, se eu der o meu melhor, vou sair com a mão erguida”, concluiu Leko.

Com apenas 23 anos, Leko possuiu um cartel com 22 lutas, sendo 20 vitórias e apenas duas derrotas na carreira. Já seu oponente, que está com 33 anos, possui um currículo com 12 lutas, sendo dez vitórias e duas derrotas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário