Após quebrar o nariz, Perry passa por cirurgia e manda recado: ‘Não conseguem me nocautear’

Lutador publica imagem no hospital após intervenção para reparação de lesão sofrida após confronto com Vicente Luque no UFC Montevidéu

V. Luque (esq.) e M. Perry (dir.) após o UFC Montevidéu. Foto: Reprodução/Instagram @platiniummikeperry

Quem assistiu ao duelo entre o brasileiro Vicente Luque e Mike Perry pelo UFC Montevidéu, no último sábado (10), certamente se empolgou com a performance dos dois atletas. No entanto, ao fim do duelo, uma imagem chocou os espectadores. O norte-americano apresentava uma deformação no nariz resultante de uma joelhada voadora de Luque, levando o público a se impressionar com a cena. Após o confronto, Mike foi submetido a uma cirurgia e publicou uma imagem em sua conta oficial no Instagram mostrando estar bem. O embate entre os atletas foi eleito a ‘Luta da Noite’ após o card.

Veja Também

VÍDEO: Assista os melhores momentos de Vicente Luque x Mike Perry no UFC Montevidéu
Ainda campeã das moscas, Valentina acredita em terceira luta contra Amanda: ‘Está além de ela querer’
Depois de vencer Perry, Vicente Luque pede luta contra Stephen Thompson

“Mesmo assim, não conseguem me nocautear”, legendou Perry, mostrando os dedos do meio para a câmera, o que já virou uma certa tradição do atleta.

Mesmo com toda a sua marra, na noite do último domingo (12), Mike usou a mesma rede social para publicar uma mensagem agradecendo e parabenizando Vicente pelo duelo, além de agradecer pelo bônus vencido pelos dois. Ambos deixarão o Uruguai com US$50mil (cerca de R$190mil, cada).

“São precisos dois (para ganhar a ‘Luta da Noite’). Obrigado pelo bônus. Sou amaldiçoado com este queixo. Eu deveria ter ficado de guarda alta como você. Com nocaute ou não, strike significativo pode fazer o que você fez. Quando eu estiver curado, vamos treinar para que você possa vencer esses lutadores. Parabéns”, publicou Perry.

Após a batalha empolgante, Mike, no entanto, não sai com a moral baixa após o UFC Montevidéu. O atleta conseguiu, mais uma vez, mostrar muita raça e suportar, mesmo após a joelhada de encontro, que fraturou seu nariz, uma tentativa de guilhotina que o fez sangrar em abundância no octógono, devido à pressão imposta por Luque.

Com a conquista, o brasileiro solicitou, em coletiva depois do evento, a chance de enfrentar o ex-desafiante dos meio-médios (até 77kg.), Stephen Thompson, que, atualmente, figura na sétima colocação na divisão, e não atravessa uma boa fase dentro do UFC.

Mike, por sua vez, terá de aguardar sua total recuperação para poder retornar aos treinamentos e, consequentemente, ao octógono. Segundo o ‘MMA Fighting’ o prazo para a volta do lutador é de, aproximadamente, seis meses.

Veja a publicação de Perry

 

Ver essa foto no Instagram

 

Still cant knock me out

Uma publicação compartilhada por Platinum Mike Perry (@platinummikeperry) em

Imagem forte de Mike durante a batalha

 

Ver essa foto no Instagram

 

It was a tasty knee

Uma publicação compartilhada por Platinum Mike Perry (@platinummikeperry) em

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário