Brian Ortega e Zumbi Coreano fazem luta principal do UFC na Coreia do Sul, em dezembro

Atletas são protagonistas do último evento de 2019 e combatem por uma vaga como desafiante ao título dos penas

B. Ortega (esq.) e Z. Coreano (dir.) se enfrentam em dezembro. Foto: Reprodução/Instagram @koreanzombiemma

A cidade de Busan, na Coreia do Sul, foi o palco escolhido pela diretoria do Ultimate para realizar seu último compromisso de 2019. Com local definido, restou à empresa selecionar atletas para garantirem a luta principal do espetáculo. Em 21 de dezembro, os ex-desafiantes ao título dos penas (até 65,7kg.) Brian Ortega e Chan Sung Jung (o ‘Zumbi Coreano’), irão trocar forças na busca direta por uma nova chance de lutar pelo cinturão. A informação foi divulgada na conta oficial do UFC no Twitter.

Saiba mais

Técnico de Conor quer quer retorno de pupilo contra Frankie Edgar: ‘Adoraria ver ainda este ano’
Cormier confirma revanche contra Miocic e garante: ‘Vencendo ou perdendo, será a última’
Borrachinha não perdoa Stephens após UFC Cidade do México: ‘Não merece estar no UFC’

“Brian Ortega viaja para o leste e enfrentará o ‘Zumbi Coreano’ na luta principal do UFC Busan”, publicou o Ultimate.

Ortega, que não luta desde que foi batido por Max Holloway em nocaute ocorrido em dezembro do ano passado, no combate que representou a luta principal do UFC 231, válida pelo cinturão da divisão, retorna ao octógono em busca de retornar à condição de desafiante. Com apenas uma derrota na carreira, ocorrida justamente em seu último compromisso, o norte-americano aceitou o desafio de viajar ao território do rival para tentar mostrar atividade ao Ultimate e conseguir retomar o caminho das vitórias.

O norte-americano, hoje, soma 15 lutas profissionais e tem 14 triunfos.

O Zumbi Coreano vive uma situação diferente do próximo oponente. Depois de retornar ao Ultimate, em novembro do ano passado, após se afastar das artes marciais mistas para cumprir seu compromisso militar obrigatório com seu país, Chan teve como oponente o mexicano Yair Rodriguez. Experiente, Sung dominava o combate, realizado nos Estados Unidos, até que, no segundo final do último assalto, acabou surpreendido por uma cotovelada de surpresa e acabou nocauteado.

Após o revés para Rodriguez, Jung teve a oportunidade de sua redenção. O atleta foi escalado para enfrentar Renato Moicano, que vinha de derrota para José Aldo, em combate realizado em fevereiro deste ano, no UFC Fortaleza, mas se encontrava em uma boa situação na divisão. Como azarão, o Zumbi conseguiu transformar a dúvida em realidade e acabou aplicando um nocaute devastador em Moicano com apenas 58 segundos de combate.

Chan, aos 32 anos, tem 20 lutas, com 15 triunfos e cinco derrotas.

Atualmente, Ortega é o segundo colocado no ranking da categoria, enquanto o coreano figura na sexta. A vitória poderá dar a oportunidade de um dos atletas disputar o título da divisão, que hoje pertence a Max Holloway e que, no entanto, tem compromisso para encarar Alexander Volkanovski no UFC 245, em dezembro.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário