Ex-atleta do Bellator, Katy Collins morre aos 32 anos em consequência de um aneurisma

Treinador da lutadora, JT Tilley faz publicação emocionante em rede social e exalta valentia de atleta

K. Collins morre em decorrência de aneurisma cerebral. Foto: Reprodução/Instagram @katecollins24

O treinador da ex-atleta do Bellator, Katy Collins, de 32 anos, JT Tilley confirmou a morte de sua aluna. Em publicação emocionante feita em seu perfil oficial no Facebook, o técnico exaltou a força da atleta e afirmou que irá sentir falta da ex-lutadora. A morte de Collins se deu em função de complicações ocorridas após a norte-americana sofrer um aneurisma cerebral. Recentemente, uma ‘vaquinha’ online foi realizada para reunir fundos a fim de promover o tratamento de Katy. No entanto, atleta não resistiu.

Veja Também

Lesão no olho praticamente exclui possibilidade de Miocic defender título em 2019
Durinho mostra empolgação para luta contra Gunnar Nelson neste sábado: ‘Maior luta da minha carreira’
Dillashaw fala em recuperar cinturão após cumprir suspensão por doping: ‘É algo que eu quero de volta’

“A luta acabou. Você nunca parou de lutar e nós nunca desistimos de você. Apenas não estava nas cartas. Eu serei sempre muito orgulhoso de você, Katy. Eu fiquei honrado de viver o seu sonho com você. Eu nunca trocaria isso por nada. Vou sentir sua falta mais do que as palavras podem mostrar”, escreveu Collins.

A arrecadação financeira online teve início há quatro dias. Nela, o grupo buscava um valor de US$10 mil (cerca de R$38 mil) para arcar com os gastos para o tratamento da saúde da norte-americana. Segue o texto.

“Todos conhecem Katy Collins como lutadora, mas agora a luta é pela sua vida. Katy teve um aneurisma cerebral na sexta-feira (20), e ela ainda vai ter uma longa estrada em sua frente. Todos que conhecem Katy sabem que ela é amorosa, cuidadosa, não é egoísta e tem um grande coração. Agora, ela precisa de ajuda para conseguir pagar as contas pelos próximos meses com suas despesas médicas. Por favor, amigos e família. Qualquer ajuda é válida.  Agradecemos a ajuda de vocês. Obrigado”, publicaram.

Katy iniciou sua carreira profissional em 2015. A atleta estreou com vitória sobre Katherine Farrow. Em seu segundo compromisso, a lutadora amargou sua primeira derrota, ao ser batida por Jaymee Jones. Collins, porém, conseguiu somar uma ótima sequência de vitórias entre 2015 e 2016, o que rendeu à atleta seu primeiro contrato com o Bellator.

Pela empresa, a norte-americana fez dois combates. No primeiro, saiu derrotada, mas conquistou o triunfo no segundo. Em seus últimos três duelos, lutando pelo LFA Legacy Fighting Alliance, a lutadora não conseguiu mais vencer.

Sua apresentação final aconteceu em junho do ano passado, quando Katy perdeu para Jaimelene Nievera.

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments