Estrelas do UFC querem dar um nocaute na mesa de poker

Terrence Chan e Rami Boukai são exemplos de lutadores de MMA que se arriscaram no jogo de cartas e se deram bem

Lutadores estão de olho no poker. Foto: Reprodução

Ser um bom jogador de poker online não é sobre o que você sabe sobre o jogo. É verdade que você precisa conhecer as regras e a teoria das probabilidades que certamente o ajudarão a ganhar os jogos. O elemento mágico que separa os profissionais dos amadores é o controle estrito das emoções e respostas mentais típicas a determinados resultados. Uma coisa que não o levará a lugar algum é a falta de tato ou controle sobre como você reage a situações boas e ruins.

O poker online é um jogo que exige que os jogadores tenham uma grande capacidade mental, não apenas para lembrar as regras, mas para poder fazer análises de forma constante. Avaliar seus oponentes, o jogo como um todo, os possíveis resultados e se deve apostar ou não, requer muitas decisões em frações de segundo. Geralmente, a maioria dos jogadores de poker de classe mundial é emocionalmente inteligente ou tem um QI mais alto que a média.

Os domínios das artes marciais e do poker estão surpreendentemente bem conectados entre si. “O poker é como lutar, exceto que você pode blefar”, disse o famoso lutador de MMA, Siyar “The Great” Bahadurzada que costuma se divertir muito jogando poker com pequenas apostas. Ele descreve o jogo como uma ótima maneira de descontrair e relaxar, depois de um árduo treinamento, enquanto faz algo que compartilha uma pequena semelhança com o confronto físico. Siyar compara o poker ao combate, apontando a importância da estratégia e da intimidação e enfatizando a complexidade adicional que o blefe oferece.

Terrence Chan. Foto: Reprodução / Twitter

Mas ninguém levou a transição do poker para o MMA mais a sério do que Terrence Chan. Chan ganhou mais de US $ 1 milhão em torneios ao vivo e online. Jogador de poker online, ganhou dois braceletes do SCOOP em uma única noite. Mais tarde adicionou um título do WCOOP. Chan obteve sucesso tanto em jogos de poker de alto risco quanto em artes marciais mistas. Durante anos treinou Muay Thai e Jiu-Jitsu brasileiro. Após passar alguns anos tentando bater os adversários nas mesas, mudou de carreira, passando a literalmente bater em seus oponentes nos octógonos do MMA (Mixed Martial Arts). “A melhor coisa para o equilíbrio da vida é apenas encontrar um hobby que você realmente ame e possa mergulhar completamente, e, idealmente, ele deve ser fisicamente ativo”, disse Terrence Chan comparando os dois esportes que permeiam sua vida.

Não são apenas os jogadores de poker que estão atravessando o mundo do MMA. Lutadores de classe mundial vêm tentando o poker há anos. Forrest Griffin, Chuck Liddell, Randy Couture e Quinton “Rampage” Jackson estão entre as inúmeras estrelas do MMA que jogaram na World Series of Poker. Matt Hughes e Mike Swick também foram amigos do Full Tilt Poker durante o pico do poker online em 2006-07. O MMA e o poker apelam para dados demográficos semelhantes e o Full Tilt e o UB Poker patrocinaram várias lutas oficiais do UFC em 2009-10.

Rami Boukai vence bracelete da WSOP. Foto: Reprodução

Talvez o melhor exemplo, no entanto, seja Rami “arbianight” Boukai. Boukai tinha um recorde de 2-2 no MMA e lutou contra a estrela do UFC Urijah Faber antes de mudar para o poker em tempo integral. Ele pode ter perdido a chance de conquistar um título no MMA, mas certamente conseguiu no poker. Boukai já ganhou mais de US $ 1 milhão em torneios, ao vivo e online combinados. Em 2009, sobreviveu a um grupo de 453 jogadores para ganhar um bracelete WSOP no Pot-Limit Omaha / Hold’em. Ele venceu Najib Bennani no heads-up para garantir sua primeira pulseira do WSOP e o prêmio de $ 244.862 no primeiro lugar. Rami Boukai aumentou seus impressionantes resultados como profissional de poker ao ganhar sua segunda pulseira de ouro no World Series of Poker em 2019.

De fato, o MMA e o poker seguem um caminho semelhante em relação à grande popularidade:

  • Ambos têm um passado sombrio e foram totalmente proibidos em alguns locais;
  • Ambos existem há muitos anos, mas não obtiveram aceitação popular até 2006;
  • O valor das marcas UFC e WSOP aumentou exponencialmente nos últimos 10 anos;
  • Ambos têm muitas personalidades chamadas de “bad boys”;
  • Ambos são intensamente estratégicos.

Nos últimos anos, os dois se aproximaram ainda mais, à medida que os principais protagonistas de cada lado passaram para o território do outro. O poker parece ter uma boa

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments