Ultimate está perto de anunciar Kamaru Usman x Colby Covington para UFC 245, diz site | SUPER LUTAS

Ultimate está perto de anunciar Kamaru Usman x Colby Covington para UFC 245, diz site

Companhia trabalha para que luta pelo cinturão meio-médio seja realizada na luta principal do card que acontece em dezembro

Covington (esq.) podem lutar no UFC 245. Foto: Montagem SL MMA Press

O capítulo final da novela ‘Kamaru x Usman’ parece estar próximo do seu fim. Após a frustração por não conseguir chegar a um acordo com os atletas para se enfrentarem no UFC 244, a luz no fim do túnel parece ter acendido. Segundo Ariel Helwani, repórter da ESPN, a companhia está próxima de confirmar as estrelas como protagonistas do UFC 245, que acontece em 14 de dezembro, em Las Vegas. A notícia foi dada ao programa ‘The MMA Reporters’.

Veja Também

“Segundo Ariel Helwani, no podcast ‘The MMA Reporters’, o Ultimate está próximo de confirmar Kamaru Usman contra Colby Covington para o UFC 245. Será um dois três cinturões em disputa da noite”, escreveu o jornalista do UFC, Aaron Bronsteter.

Caso seja agendado, o embate pode tomar o lugar de destaque de Amanda Nunes e Germaine de Randamie, que estão alocadas para realizar a luta principal do evento. As negociações do embate entre Usman e Colby tiveram início desde a vitória do norte-americano sobre o ex-campeão da divisão, Robbie Lawler, ocorrida no início de agosto deste ano.

A vitória de Covington sobre Lawler também garantiram a Colby a segunda posição no ranking da divisão, permitindo que o atleta se credenciasse a enfrentar o nigeriano pelo cinturão, já que o primeiro colocado, Tyron Woodley, foi o último a enfrentar Kamaru.

Logo após a vitória do ‘Caos’, que marcou o retorno do atleta ao octógono depois de mais de um ano afastado do MMA por conta de lesões, Colby e Usman foram colocados frente a frente, ainda na arena de Newark, e, ali, os atletas trocaram farpas, apimentando ainda mais a rivalidade.

O UFC, porém, tentou marcar o combate com agilidade, mas esbarrou em questões financeiras por parte de Covington, que exigia uma bolsa relativa ao campeão. O norte-americano alega que, como já ostentou o título interino da divisão (junho de 2018, mas perdeu por inatividade na categoria), não merece ser pago como desafiante. Com as dificuldades, o embate, que estava previsto para acontecer em novembro, foi retirado de pauta e substituído pelo encontro entre Jorge Masvidal e Nate Diaz, no UFC 244.

Caso a luta seja confirmada, essa será a primeira defesa de título do nigeriano, de 31 anos, que, hoje, soma 16 lutas e apenas uma derrota em seu cartel profissional.

Colby, também aos 31 anos, tem 15 combates, com 14 triunfos e um revés.

 

 

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments