Após anunciar retorno, Conor é desafiado por Gaethje: ‘Mostre ao mundo o covarde que você é’

Norte-americano entra na disputa para as ‘boas-vindas’ ao irlandês, que não tem adversário certo para janeiro; Cerrone também sugeriu embate

J. Gaethje em entrevista após UFC Vancouver. Foto: Reprodução/YouTube MMA Fighting

Embora o Ultimate ainda não confirme, Conor McGregor anunciou seu retorno ao octógono para 18 de janeiro do ano que vem, em Las Vegas. A notícia da volta do irlandês ao esporte animou dois atletas em especial. Um deles, Justin Gaethje, que vem em ascensão na carreira, aproveitou o momento para desafiar e criticar o irlandês em sua conta oficial no Twitter.

Veja Também

Demian Maia é azarão contra Ben Askren na luta principal do UFC Singapura
John Lineker vence Muin Gafurov em estreia pelo ONE FC
Irmão de Anthony, Sergio Pettis deixa UFC e assina contrato com o Bellator

“Primeiro um peso galo (Frankie Edgar), agora, um homem que eu derrotei recentemente (Donald Cerrone). Eu posso lutar em janeiro. Vamos mostrar ao mundo o covarde que você é. Eu não vou pegar seu pescoço quando você se distrair e a posição fetal não é uma opção”, escreveu Justin.

Esta não é a primeira vez que Gaethje sugere um combate contra Conor McGregor. Depois que derrotou Edson Barbosa, em março deste ano, o norte-americano deu início a uma verdadeira caçada ao irlandês. O pedido de Justin, porém, nunca chegou a ser atendido. No entanto, o norte-americano recebeu a chance de enfrentar Donald Cerrone em duelo que o colocaria na linha de frente para encarar o vencedor entre o campeão Khabib Nurmagomedov e Tony Ferguson, que tem tudo para ser a luta pelo cinturão.

Sem chance real de atuar pelo posto de número um no momento, Gaethje, então, quer um combate contra Conor, que não luta desde outubro do ano passado, quando foi batido por Khabib em duelo válido pela cinta dos leves (até 70,3kg.).

Em sua última coletiva, McGregor garantiu que já está pronto para retornar às suas apresentações. O lutador também criticou o fato de o Ultimate não estar atendendo seus pedidos. Segundo o irlandês, a empresa é a maior responsável por seu período de inatividade.

Mesmo soltando a notícia bombástica, cravando a data exata e o local do retorno, a companhia ainda não oficializou o evento. O irlandês ainda disse que o adversário já foi selecionado, mas preferiu deixar o UFC divulgar quando for conveniente.

Atualmente, Justin ocupa a quarta posição no ranking dos leves, apenas uma atrás de Conor. O norte-americano soma 21 vitórias e apenas duas derrotas na carreira. Seu último revés aconteceu em abril do ano passado, quando foi batido pelo ex-campeão interino, Dustin Poirier.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments