Douglas Lima vence revanche contra Rory MacDonald, reconquista cinturão do Bellator e fatura prêmio de R$ 4 milhões

Lutador brasileiro foi soberano durante os cinco rounds para bater o rival que havia tomado seu cinturão em janeiro

D. Lima vence MacDonald e fatura GP dos meio-médios. Foto: Reprodução / Twitter BellatorMMA

Douglas Lima fez barba, cabelo e bigode no Bellator 232, evento realiado na noite deste sábado (26), em Uncasville (EUA). O brasileiro derrotou o canadense Rory MacDonald, reconquistou o cinturão dos meio-médios (até 77.1 kg.), faturou o GP da categoria e ainda embolsou um prêmio de US$ 1 milhão, cerca de R$ 4 milhões na cotação atual, oferecidos pelo rapper 50 Cent.

Veja Também

VÍDEO: Assista à vitória de Douglas Lima sobre Rory MacDonald no Belaltor 232
Demian Maia finaliza Ben Askren no UFC Singapura e se aproxima de recorde
VÍDEO: Assista à finalização de Demian Maia sobre Ben Askren no UFC Singapura
Depois de Nate Diaz anunciar saída por doping, Ultimate confirma luta contra Jorge Masvidal no UFC 244

Com o resultado, Douglas se vinga do revés sofrido para o canadense, em janeiro deste ano, quando perdeu o título da divisão em uma apertada decisão dos juízes. O reencontro aconteceu em grande estilo, na final do torneio da divisão, que além do título da categoria valia o prêmio milionário. Depois de eliminar Andrey Koreshkov e Michael Page, o goiano teve a revanche contra MacDonald, que havia batido Jon Fitch e Neiman Gracie.

A luta

Se o primeiro encontro entre Douglas e Rory foi disputado e decidido em detalhes, na revanche o brasileiro não deu sopa para o azar e controlou a peleja do início ao fim.

A luta começou estudada, com os atletas evitando se expor. Douglas disparou dois chutes baixos e MacDonald entrou em queda. O combate ficou travado no clinch, com o canadense em posição de vantagem, sem conseguir acertar um goiano.

No segundo round,  Douglas tomou a iniciativa. O brasileiro caminhou para frente, combinando chutes na base e boas entradas de mão. Por sua vez, Rory esperava o momento para contragolpear, mas sem sucesso. O canadense ainda arriscou uma queda, bem defendida pelo brasileiro.

A história se repetiu no terceiro assalto. Douglas acertando os melhores ataques em pé e MacDonald em busca da entrada de queda, sempre sem sucesso.

No quarto round, MacDonald já não tinha a mesma mobilidade devido aos chutes recebidos na perna esquerda. O canadense tentava entrar em queda de forma desesperada e chegou a se jogar de costas no chão. Douglas esperou o rival se levantar e conectou um bom chute alto.

Com a luta perdida, Rory veio para o tudo ou nada no quinto round. O canadense até conseguiu derrubar Douglas, mas o brasileiro inverteu muito bem a posição. Mesmo por baixo, MacDonald ameaçou com dois ataques no braço, mas Lima travou bem. No minuto final, Rory conseguiu inverter a posição e ficar por cima. Ele disparou socos de maneira quase desesperada para virar a luta, mas não conseguiu levar perigo ao atleta tupiniquim.

Mesmo sem um braço, Nick Newell faz luta dura, mas perde para Manny Muro

O norte-americano Nick Newell é profissional desde 2009, mas, mesmo com 19 lutas e 10 anos de carreira, ele ainda chama atenção. Com uma má formação no braço direito, ele não tem metade da articulação. Mesmo assim, ele continua fazendo lutas em alto nível.

Na noite deste sábado, ele travou um duelo equilibrado com Manny Muro. No primeiro assalto, Newell foi melhor, dominou a peleja no solo e esteve perto de finalizar com uma guilhotina.

No segundo assalto, Newell, assim como na parcial anterior, levava vantagem no solo. Entretanto, deixou o rival inverter a posição. Muro terminou por cima, golpeando e somando pontos.

Com o duelo aberto, o terceiro round seria responsável por decidir o vencedor. Muro, com melhor condicionamento físico, se aproveitou do desgaste de Newell para derrubar o rival em algumas oportunidades e levar a peleja na decisão dividida dos juízes.

Filho de Kimbo Slice vence com nocaute fulminante

Kevin Ferguson Jr, o Baby Slice, filho do finado Kimbo Slice, conquistou sua quarta vitória como profissional. O lutador derrubou Craig Campbell com um nocaute fulminante. Na abertura do card principal, ele precisou de apenas 38 para chegar ao triunfo.

Logo nos primeiros movimentos, Campbell atacou a perna de Ferguson em busca da queda.Mas ele deixou a cabeça exposta. Baby Slice aproveitou a oportunidade e soltou várias cotoveladas de cima para baixo até o rival cair nocauteado.

Resultados do Bellator 232

Douglas Lima derrotou Rory MacDonald na decisão unânime dos juízes (49-46, 50-45, 50-45)
Paul Daley derrotou Saad Awad por nocaute técnico a 1m30s no R2

Patrick Mix finalizou Isaiah Chapman com uma chave de perna a 3m49s do R1

Manny Muro derrotou Nick Newell na decisão dividida dos juízes (29-28 27-29 29-28)

Kevin ‘Baby Slice’ Ferguson derrotou Craig Campbell por nocaute técnico a 38seg. R1

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments