‘Bate-Estaca’ aposta que Weili Zhang manteria o título das palhas contra Jędrzejczyk: ‘Bate muito forte’

Ex-campeã, brasileira enaltece talento de chinesa e acredita que polonesa não consegue recuperar cinta, perdida em 2017

J. Bate-Estaca (foto) quer revanche contra Zhang. Foto: Reprodução/Instagram @jessicammapro

A ex-campeã das palhas (até 52,1kg.), Jéssica Andrade, falou sobre o futuro da sua categoria. A brasileira afirmou que Joanna Jędrzejczyk, que já foi considerada uma das mulheres mais perigosas do mundo, será incapaz de tomar o título de Weili Zhang, atual número um. Derrotada pela chinesa, a paranaense contou, em entrevista ao ‘MMA Fightingt’, o porquê da opinião.

Saiba mais

Serginho Moraes desiste de luta em pé e aposta em jiu-jitsu para voltar a vencer: ‘Botei a mão na consciência’
Tyson Fury responde a desafio de Miocic: ‘Será como Mayweather e McGregor’
Masvidal responde provocação de Nick Diaz: ‘Agora todos querem me enfrentar’

“Uma luta contra Joanna seria muito interessante. Joanna é uma das melhores na divisão e ela se envolveu muito, como vimos em sua última apresentação. Weili Zhang é muito forte, muito rápida com os pés, então, seria um encontro interessante”, afirmou a brasileira.

Quando questionada sobre quem teria a mão erguida no fim da apresentação, ‘Bate-Estaca’, então, não ficou em cima do muro. A combatente elegeu seu último algoz como favorita no combate contra a polonesa.

“É difícil fazer uma previsão sobre quem venceria, mas eu apostaria em Weili Zhang. Eu acho que ela continuará reinando por causa de sua força. Ela não é o tipo de atleta que leva o duelo para o chão. Ela prefere continuar de pé. Ela é muito forte e tem um chute potente, algo que Joanna não suporta muito bem”, contou.

Zhango se tornou a primeira lutadora chinesa campeã de um título dentro do UFC. A combatente conquistou o posto de número um depois de bater a própria Andrade em combate que representou a luta principal do UFC Shenzhen, ocorrida em agosto deste ano. O duelo representou a primeira defesa de cinturão de Jéssica, que, a exemplo do que fez Rose Namajunas, em maio, viajou ao país da desafiante para realizar uma apresentação pelo título.

‘Bate-Estaca’, atualmente, é a primeira colocada no ranking das palhas, mas não deve conquistar o direito de uma revanche imediata contra a chinesa.

Após amargar uma má fase na carreira, Jędrzejczyk conseguiu se recuperar após uma atuação convincente em sua última apresentação. A polonesa bateu Michelle Waterson na decisão unânime dos juízes na luta principal do UFC Tampa.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário