Parceiro de treino sobre Aldo nos galos: ‘Vai surpreender com a velocidade e força’

Eduardo Dantas mostra confiança no sucesso do ex-campeão dos penas em sua estreia na nova categoria contra Marlon Moraes, em dezembro

D. Dantas (esq.) acredita em boa estreia de J. Aldo (dir.) nos galos. Foto: Reprodução/Instagram @dududantasmma

Os fãs de MMA estão curiosos para ver como José Aldo se saíra em sua estreia na divisão dos galos (até 61,2kg.), que acontecerá em 15 de dezembro em uma das lutas do card principal do UFC 245. No que depender de Eduardo Dantas, lutador e parceiro de treinos do manauara, o público não se decepcionará com a performance do ex-campeão dos penas (até 65,7kg.). Em entrevista ao ‘MMA Fighting’, Dantas falou sobre a expectativa para o debute do ‘Campeão do Povo’ na nova categoria.

Veja Também

Livinha Souza sofre lesão e está fora do duelo brazuca contra Virna Jandiroba no UFC Washington
Após derrota para Nate, Pettis volta aos leves e encara Diego Ferreira em janeiro
Gina Carano acusa Dana White de ‘sabotar’ luta contra Ronda Rousey

“Ele está treinando duro todas as manhãs. Está focado. Ele está mais rápido agora, mas com a mesma força nos punhos. Então, ele está muito mais perigoso. Está chutando mais forte. Vai impressionar a todos com sua velocidade e força entre os galos”, afirmou Eduardo.

Dantas também fez questão de explicar que um corte de peso como o que Aldo está se submetendo não está diretamente ligado com perda na performance. Para o companheiro de equipe, o biotipo do manauara permitirá que o combatente se apresente em alto nível e o coloque como atleta competitivo dentro da nova categoria.

“Algumas pessoas associam perda de peso com perda de performance, mas eles tem que olhar a situação como um todo. Aldo sempre pesou por volta de 71kg (aproximadamente 10kg. acima do limite dos galos) quando ele não está em período de treinamento, aí ele sobia para 75kg., quando atuava pelos penas. Então, acho que será um corte de peso tranquilo”, afirmou Dantas.

Mesmo com confiança no bom resultado para o parceiro, Eduardo acredita que o combate contra Marlon será um verdadeiro espetáculo, haja vista que se trata de dois atletas com gabarito para serem campeões, além de terem disputas de cinturão no currículo.

“Vai ser uma grande luta e eu aposto minhas fichas no Aldo. Eu treino com ele todos os dias há muito tempo e já treinei com o Marlon (Moraes) também. Marlon é um lutador duro, muito explosivo com a mão direita e chutes com a esquerda, então, você precisa ser cuidadoso”, indagou Dantas.

O duelo entre os brasileiros poderá garantir ao vencedor o direito de desafiar o atual campeão, Henry Cejudo pelo cinturão da categoria. Há alguns meses, José desafiou o norte-americano publicamente, que aceitou o confronto. Antes de atuar pela cinta, no entanto, a diretoria do Ultimate propôs o teste inicial para o manauara, colocando-o logo de cara contra um atleta da elite da divisão.

Aos 33 anos, Aldo vem de derrota para Alexander Volkanovski em sua última atuação, em maio, pelo UFC 237. Ao longo de 15 anos de carreira como profissional no MMA, o ‘Campeão do Povo’ soma 33 lutas, com 28 vitórias e cinco derrotas.

Moraes também vem de derrota. O atleta acabou perdendo em sua luta contra Cejudo na disputa pelo título vago dos galos no embate principal do UFC 238. O friburguense de 31 anos, hoje, tem 29 apresentações, com 22 triunfos, seis reveses e um empate.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments