Ex-UFC acusa namorado de agressão: ‘Não levava as ameaças a sério’

Cindy Dandois afirma que companheiro não aceitou o fim do relacionamento e covardemente fraturou o nariz da combatente em sua casa

C. Dandois acusa namorado de agressão. Foto: Reprodução/Facebook Cindydandois

As situações envolvendo violência domésticas acontecem diariamente no mundo todo. Desta vez, o caso aconteceu com uma profissional de MMA. A atleta Cindy Dandois acusou o ex-namorado de agredi-la após não concordar com o fim do relacionamento. Segundo a belga, o homem chegou em sua casa e a surpreendeu com um golpe, que fraturou seu nariz. Dandois afirmou que foi pega de surpresa e não foi capaz de se defender do ataque. Em entrevista ao site ‘HLN’ a combatente falou sobre o crime.

Saiba mais

Parceiro de treino sobre Aldo nos galos: ‘Vai surpreender com a velocidade e força’
Livinha Souza sofre lesão e está fora do duelo brazuca contra Virna Jandiroba no UFC Washington
Após derrota para Nate, Pettis volta aos leves e encara Diego Ferreira em janeiro

“Eu não estava preparada para o ataque. Antes que eu pudesse reagir, fui atingida com um tapa na cara. Meu nariz está quebrado e fora do lugar. Também tem um corte profundo, que foi preciso de sete pontos para fechar. Vai me deixar uma cicatriz para a vida. Felizmente, vou poder ter meu nariz endireitado. Eu deveria ter levado as ameaças a sério desde o começo, mas eu sempre achei que as coisas iriam se acalmar”, declarou a lutadora.

Mesmo com o ato covarde do ex-parceiro, que também é lutador, Cindy afirma que não gostaria de ver o homem atrás das grades, mas disse que gostaria que ele arcasse com os gastos médicos para os procedimentos que ela será submetida.

“Gostaria que ele pagasse as despesas médicas. Não preciso mandá-lo para a prisão. Nós somos todos humanos e cometemos erros. Espero que ele veja isso, pague pelo que ele fez e siga com a sua vida. Quero que me deixe em paz, é claro. Ao menos não me diminua. Não sou uma vítima patética que vai ficar chorando pelos cantos. É difícil, mas eu ainda estou aqui. Isso poderia ter terminado de forma diferente”, lamentou Dandois.

Aos 35 anos, Cindy tem 20 lutas como profissional no MMA. A belga vem de três vitórias consecutivas e chegou a atuar no Ultimate em uma ocasião, em 2017, quando foi derrotada por Alexis Davis.

 

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário