Volkanovski espera chocar o mundo e bater Holloway neste sábado: ‘Vou mostrar a todos’

Australiano mostra confiança em encerrar reinado de havaiano, que se prepara para a quinta defesa do cinturão dos penas no UFC 245

A. Volkanovski (foto) fala sobre luta contra M. Holloway. Foto: Reprodução/Facebook Ufc

O australiano Alexander Volkanovski está próximo de disputar a luta mais importante de sua carreira neste sábado (14), quando enfrenta Max Holloway pelo título dos penas (até 65,7kg.) na luta co-principal do UFC 245. O atleta, que chocou o mundo ao bater José Aldo no Rio de Janeiro, em maio, quer repetir o feito e se tornar o mais novo campeão da divisão. Em entrevista ao ‘BJ.Penn.com’ o atleta falou sobre a expectativa para o combate.

Saiba mais

Covington revela que ofensas a brasileiros em 2017 foram essenciais para renovação de contrato com UFC
Próximo de enfrentar Aldo, Marlon mantém respeito ao compatriota: ‘Um dos melhores’
Overeem passa por cirurgia após ferimento chocante: ‘Lábio não muito sexy’

“Eu não quero soar arrogante, mas eu sou um dos peso por peso mais fortes que as pessoas vão conhecer. Muitas pessoas vão ver isso em 14 de dezembro. Eu mal posso esperar para mostrar ao mundo. As pessoas vão me considerar o ‘azarão’ e dizer que Max (Holloway) é muito grande, mas, uma vez que eu me aproximar dele, ele vai sentir minha força e todos vão ver meu poder”, disse o atleta.

Embora mostre respeito pelo campeão, Alexander diz que pode finalizar o rival e evitar que o resultado seja decidido pelos juízes laterais. O australiano, no entanto, mantém a serenidade e afirma que o combate pode ser decidido nos pontos, caso o havaiano mostre um bom desempenho.

“Honestamente, eu realimente acho que posso finalizá-lo. Ele é duro e eu o respeito como lutador. EU vou vencer nos rounds iniciais, mas, se ele for tão duro quanto todos dizem, vou vencer na decisão.

Além de tentar o título inédito dos penas, Volkanovski colocará em jogo uma série invicta de 17 confrontos. A última – e única – derrota do lutador aconteceu em maio de 2013, quando o atleta foi batido pelo compatriota Corey Nelson, quando representava o AFC (Australian Fighting Championship).

Enquanto o australiano não perde há 17 lutas, Holloway também tem um número imponente para defender. Na divisão dos penas, o havaiano não sabe o que é perder há 14 apresentações. Max sofreu um revés recente para Dustin Poirier, em abril, quando subiu de categoria e disputou o título interino dos leves (até 70,3kg.).

Após sair derrotado, Max retornou à sua divisão e realizou mais uma defesa de sucesso ao bater Frankie Edgar na luta principal do UFC 240.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário