Faber se preocupa com corte de peso de Aldo: ‘Não sei se é o melhor para o seu corpo’

Norte-americano fala de brasileiro com respeito, mas afirma que chegar ao limite dos galos pode ser um sacrifício perigoso para o manauara

U. Faber vence em retorno ao UFC. Foto: Reprodução/Facebook UrijahFaber

A decisão de José Aldo em migrar para a divisão dos galos (até 61,2kg.) tem dividido opiniões nos bastidores do MMA. Há quem acredite que o ex-campeão dos penas (até 65,7kg.) vá se sair bem em sua estreia, que acontece neste sábado (14), mas existem os críticos que questionam se o brasileiro será capaz de atingir o peso limite da categoria. Um dos que são contrários à mudança do ‘Campeão do Povo’ é um velho conhecido de José. Urijah Faber, em entrevista ao ‘MMA Junkie’, mostrou preocupação com a saúde de Aldo para o compromisso do UFC 245.

Veja Também

Vídeo: Após vitória sobre Overeem, Rozenstruik é recebido como herói no Suriname
Masvidal tem pressa para nova luta: ‘Conor, Mayweather ou Nick. O que assinar mais rápido’
Dispensada pelo UFC, Liz Carmouche negocia com Bellator para 2020, diz site

“(José) Aldo, na minha opinião, é um dos melhores lutadores da história deste esporte. Vendo-o fazendo corte de peso, eu sei que ele é mentalmente durão para conseguir isso. Mas eu não sei se isso vai ser o melhor para o seu corpo”, disse Faber.

O atleta usou um exemplo pessoal para tentar favorecer sua ideia de que o manauara deveria ter permanecido em sua divisão. Para Urijah, José pode ter abaixado seu peso cedo demais, o que pode prejudicar sua performance diante de Marlon Moraes, seu rival deste final de semana.

“Eu me lembro da primeira vez que bati 61,2kg. Eu comecei a tirar peso antes, porque eu estava nervoso sobre como seria. Eu estava ficando muito pequeno e muito cedo. Acho que ele vai fazer a mesma coisa. Não acho que vai ser bom para ele”, confessou o norte-americano.

Mesmo contrário à decisão do manauara, o ‘Garoto da Califórnia’, que tem uma relação de admiração confessa pelo brasileiro, espera ver o atleta atuando em sua melhor forma física em uma das lutas do UFC 245.

“Espero que ele seja capaz de performar como o Aldo que todos nós conhecemos. Apenas o tempo irá dizer o que vai acontecer”, finalizou o combatente.

Aldo e Faber chegaram a se enfrentar em 2010, quando representavam o extinto WEC (World Extreme Cagefighting. Na ocasião, o brasileiro defendia seu título dos penas e conseguiu uma vitória memorável sobre o norte-americano em um combate em que Urijah teve sua perna ‘minada’ com os potentes chutes do manauara.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments