Com McGregor em baixa, Cerrone descarta entregar luta: ‘Por dinheiro nenhum’

Norte-americano afirma que espera um desafio duro contra irlandês, que não atua desde outubro de 2018, na luta principal do UFC 246

D. Cerrone (dir.) se enfrentarão em janeiro de 2020. Foto: Montagem/SL MMA Press

Se existe algo sobre Donald Cerrone que ninguém pode discordar é que o norte-americano, quando sobe no octógono, sempre entrega seu máximo nas disputas; vencendo ou ganhando. Contra Conor McGregor, na luta principal do UFC 246, em 18 de janeiro, o norte-americano afirmou que não será diferente. Ciente da má fase do adversário, o ‘Cowboy’ afirmou que não facilitará para o irlandês. Em entrevista ao ‘MMA Fighting’, o lutador excluiu a possibilidade de ‘entregar a luta’ para favorecer o rival.

Veja Também

Deiveson fala sobre disputa do cinturão dos moscas: ‘Vou para matar e pegar o que é meu’
Masvidal comenta potencial luta contra McGregor: ‘Vão ficar com pena dele’
Jones admite chance de atuar pelos pesados já em 2020: ‘Sinto que limpei minha divisão’

“Tem muita idiotice sendo dita, pessoas me falando que ouviram dizer que estava sendo pago para perder de propósito. Não existe dinheiro suficiente no mundo que pagassem para que eu entregasse uma luta. Eu jamais conseguiria me olhar no espelho se eu fosse pago por alguém para isso. Isso nunca vai acontecer. Prefiro lutar de graça a receber dinheiro para perder. Esse não sou eu. Vou lutar com tudo o que tenho, como sempre fiz”, afirmou Cerrone.

Os questionamentos sobre uma ‘luta fácil’ para marcar o retorno de Conor ao octógono partiram da ideia de que o Ultimate poderia estar interessado a reeditar o confronto entre o irlandês e Khabib Nurmagomedov. A informação foi divulgada pelo próprio Dana White, que afirmou publicamente que, caso o ‘Notório’ derrote Donald, ele poderá encarar o russo pelo cinturão dos leves (caso Khabib vença Tony Ferguson em sua respectiva luta).

Apesar de ter consciência de que irá enfrentar o oponente que não vence desde 2016, Cerrone afirma que está preparado para encarar um irlandês mais motivado do que nas apresentações anteriores. Para o norte-americano, McGregor deve ter retomado o gosto pelo esporte e pelas disputas.

“Espero enfrentar o melhor Conor McGregor que vocês já viram. De verdade. Ele tem muitas perguntas e questionamentos dos seus críticos e de quem duvida dele para responder. Acho que ele vem treinando muito mais do que antes. Vai vir com tudo para ser a melhor versão dele que vocês já viram”, finalizou ‘Cowboy’.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Vasmir Becker
Vasmir Becker
9 meses atrás

Vencendo ou ganhando os sinônimos foram atualizados com sucesso para este texto…